???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21670
Tipo do documento: Tese
Título: Vivências de leitura e escrita em língua portuguesa por surdos graduados
Autor: Pereira, Miriam Maia de Araújo 
Primeiro orientador: Zanotto, Mara Sophia
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo investigar como ocorre a relação entre o sujeito surdo, inserido na educação formal e a escrita em língua portuguesa, tentando compreender como se dá essa relação no processo de escrita desses surdos que já concluíram a graduação e que se pressupõe que sejam proficientes em leitura e possuem o domínio da produção escrita. Tem como objetivos específicos: analisar as produções escritas dos sujeitos surdos; investigar a influência da Libras na produção escrita, em português, dos surdos e verificar como a escolarização dos surdos colaborou para a aquisição de sua escrita em português. A fundamentação teórica está ancorada em abordagens de políticas de inclusão (BRASIL,1988/2015), no Bilinguismo (GOLDFELD,1997; SACKS,1998; QUADROS, 2012, BOTELHO,2013; SKLIAR, 2001), em uma perspectiva sócio-histórica (VYGOTSKY,2000) e em uma perspectiva dialógica (BAKHTIN, 2010). É um estudo de caso (LÜDKE E ANDRÉ, 2015), com metodologia qualitativa (CHIZZOTTI, 2014), com orientação interpretativista (MOITA-LOPES, 1994). Os participantes são dois surdos graduados, residentes na cidade Macapá, no Estado do Amapá. A geração de dados ocorreu através do questionário (GIL, 2008), da produção textual (GERALDI, 2003), das vivências de leitura (ZANOTTO, 1995), do diário reflexivo (SOARES, 2006) e da entrevista (GIL, 2008). Os dados revelaram que a relação desses surdos com a escrita em português é complexa, uma vez que mesmo após anos de escolarização não conseguem se expressar de forma eficiente através da escrita, demonstrando que o processo educacional no qual eles estiveram inseridos, desconsiderou suas especificidades linguísticas, negando-lhes um ensino pautado em uma proposta baseada no bilinguismo, em que a Libras deve ser a via de acesso aos conhecimentos em língua portuguesa, possibilitando assim, que os mesmos possam se constituir em sujeitos ativos e responsivos em relação ao seu aprendizado
Abstract: This research aims to investigate the relationship between writing in Portuguese language and the deaf subject inserted in formal education. As well as trying to understand how this relationship occurs in the writing process of those who have completed graduation and those who are supposed to be proficient in reading and have the ability to write. The specific objectives are: to analyze the written productions of the deaf subjects; to investigate the influence of Libras in the written production, in Portuguese, of the deaf; to verify how the schooling of the deaf collaborated to acquire their writing in Portuguese. The theoretical foundation is based in approaches of inclusion policies (BRAZIL, 1988/2015), in Bilingualism (GOLDFELD, 1997; SACKS, 1998; QUADROS, 2012; BOTELHO, 2013 and SKLIAR, 2001), in a socio-historical (VYGOTSKY, 2000) and dialogic perspective (BAKHTIN, 2010). It is a case study (LÜDKE AND ANDRE, 2015) in a qualitative methodology (CHIZZOTTI, 2014), with interpretative orientation (MOITA-LOPES, 1994). The participants are two deaf graduates, living in the city of Macapá, in the State of Amapá. Data generation was done through questionnaire (GIL, 2008), textual production (GERALDI, 2003), reading experiences (ZANOTTO, 1995), the reflective journal (SOARES, 2006) and interview (GIL, 2008). The data revealed that the relationship of these deaf subjects to writing in Portuguese is complex, since even after years of schooling they cannot express themselves efficiently through writing. It demonstrates that the educational process in which they were inserted disregarded their linguistic specificities, depriving them of a teaching based on a bilingual proposal, in which the Libras should be the way of access to the knowledge in Portuguese language, thus enabling them to be active and responsive subjects in relation to their learning
Palavras-chave: Surdos - Educação
Bilingüismo
Surdos - Meios de comunicação
Deaf - Education
Bilingualism
Deaf - Means of communication
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Pereira, Miriam Maia de Araújo. Vivências de leitura e escrita em língua portuguesa por surdos graduados. 2018. 184 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21670
Data de defesa: 3-Sep-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Miriam Maia de Araújo Pereira.pdf6,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.