???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21642
Tipo do documento: Tese
Título: As condições de trabalho dos(as) assistentes sociais na política de assistência social na administração pública municipal da sub-região oeste da Região Metropolitana de São Paulo
Autor: Alves, Vanice Aparecida 
Primeiro orientador: Degenszajn, Raquel Raichelis
Resumo: Essa tese identifica e analisa as condições de trabalho e as diferentes formas de intensificação e precarização a qual está submetida a força de trabalho dos(as) assistentes sociais assalariados(as) da administração pública municipal da sub-região oeste da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), em particular na política pública de assistência social. Tendo em vista que o trabalho ganha a centralidade na vida social e expressa a luta da classe trabalhadora por melhores condições de trabalho e de vida, foram verificadas as estratégias de resistência construídas por trabalhadores(as) do Sistema Único de Assistência Social (Suas) dessa sub-região. Partiu-se do pressuposto de que o trabalho dos(as) profissionais é impactado pelas transformações ocorridas com a mundialização do capital, reestruturação produtiva, reconfiguração do papel do Estado, em particular pela redução de sua intervenção no que tange à proteção social daqueles afetados pelo desenvolvimento do capital. Para o estudo, foram realizadas pesquisas bibliográfica e documental (editais de concurso) e pesquisa empírica, com a aplicação de questionários e entrevistas com uma amostragem de cinco (5) assistentes sociais que trabalham na política de assistência social em municípios da região pesquisada. A partir das entrevistas, foram constatadas diferentes formas de precarização e intensificação do trabalho, vivenciadas pela maioria dos(as) trabalhadores(as) assistentes sociais inseridos(as) na política de assistência social, entre elas: relações contratuais diferenciadas, direitos desiguais, baixos salários, pressão para aumento da produtividade, desvalorização do funcionalismo público, falta de estímulos materiais e morais, ausência de planos de cargos, carreiras e salários, excesso de trabalho. Considerando ainda que essas condições de trabalho adoecem e enfraquecem a organização coletiva, seja por meio dos sindicatos por ramo ou de outras formas de luta, como os Fóruns de Trabalhadores(as) do Suas. Nesse contexto, o caminho a trilhar pelo conjunto dos(as) trabalhadores(as) é a retomada das lutas e da resistência contra a barbárie do capital e seus representantes estatais, que precarizam e intensificam as condições de trabalho e vida da classe trabalhadora
Abstract: This thesis identifies and analyzes the working conditions and the different forms of intensification and precarization to which the work force of the salaried social workers of the municipal public administration of the western sub-region of the São Paulo Metropolitan Region (RMSP), in particular in the public policy of social assistance. Given that work gains the centrality in social life and expresses the struggle of the working class for better working and living conditions, the strategies of resistance built by workers of the sub-region. It was assumed that the work of the professionals is impacted by the transformations that occurred with the globalization of capital, productive restructuring, reconfiguration of the role of the State, in particular by the reduction of its intervention regarding the social protection of those affected by the development of capital. For the study, bibliographical and documentary research (competition notices) and empirical research were carried out, with the application of questionnaires and interviews with a sample of five (5) social workers working in the social assistance policy in municipalities in the region surveyed. From the interviews, different forms of precariousness and intensification of work were observed, experienced by the majority of the social workers included in the social assistance policy, among them: differentiated contractual relations, unequal rights, low wages, pressure to increase productivity, devaluation of the civil service, lack of material and moral stimuli, absence of job plans, careers and salaries, overwork. Considering also that these conditions of work sicken and weaken the collective organization, either through branch unions or other forms of struggle, such as Suas' Worker Forums. In this context, the path to be taken by all workers is the resumption of struggles and resistance against the barbarism of capital and its state representatives, which precarious and intensify the working and working conditions of the working class
Palavras-chave: Assistência social - Política governamental
Assistentes sociais - Prática profissional
Sistema Único de Assistência Social (Brasil)
Mercado de trabalho
Charities - Government policy
Social workers - Professional practice
Sistema Único de Assistência Social (Brazil)
Labor market
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Alves, Vanice Aparecida. As condições de trabalho dos(as) assistentes sociais na política de assistência social na administração pública municipal da sub-região oeste da Região Metropolitana de São Paulo. 2018. 210 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21642
Data de defesa: 4-Oct-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanice Aparecida Alves.pdf2,55 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.