???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21535
Tipo do documento: Dissertação
Título: “E agora, José?” a situação profissional das/os recém-formadas/os em Serviço Social
Autor: Ferraz, Ivelize Oliveira 
Primeiro orientador: Ferraz, Ivelize Oliveira
Resumo: Esta dissertação discorre a respeito da situação profissional dos recém-formados em Serviço Social, no que tange à inserção (ou não) no mercado de trabalho do assistente social. Os assistentes sociais com até cinco anos da data de conclusão da graduação estão exercendo a profissão? Há identificação dos profissionais com a área de formação? Quais são as dificuldades enfrentadas para inserção no mercado de trabalho do assistente social? Qual o perfil desses jovens assistentes sociais? Tais perguntas, metamorfoseadas em objetivos, instigaram o processo de pesquisa, tanto no que tange ao levantamento do referencial teórico, quanto no que concerne à realização da pesquisa de campo, a partir de uma abordagem quantitativa e qualitativa por meio da aplicação de um questionário online, respondido por 25 assistentes sociais graduados pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em 2014. A pesquisa bibliográfica demonstrou a importância de pautar no debate profissional as tendências para o mercado de trabalho em um contexto de capitalismo mundializado e de hegemonia neoliberal, bem como os rebatimentos da conjuntura macroeconômica para o Serviço Social (formação e trabalho profissional). Os dados coletados por meio da pesquisa de campo foram analisados, evidenciando que, apesar da forte identificação com a área de formação, os jovens assistentes sociais têm enfrentado dificuldades para exercer o trabalho profissional imediatamente após a conclusão da graduação, recorrendo a diversas pós-graduações que forneçam algum auxílio financeiro e possibilitem a continuidade dos estudos, haja vista que o constante aprimoramento profissional é entendido como elemento facilitador da inserção no mercado de trabalho do assistente social
Abstract: This dissertation discusses the professional status of newly graduates in Social Work, regarding their insertion (or non insertion) in the social worker's job market. Are social workers with up to five years since their graduation practicing the profession? Are the professionals identifying themselves with their academic education field? What are the difficulties faced by the social worker when entering the job’s market? What is the profile of these young social workers? Such questions, turned into this dissertation’s objectives, instigated the research process, both with regards to the theoretical research, and in what concerns the accomplishment of a field work, considering a quantitative and qualitative approach through the application of an online questionnaire, answered by 25 social workers who graduated from the Federal University of São Paulo (UNIFESP) in 2014. The bibliographical data demonstrated the importance of acccounting, in the professional debate, the trends of the job’s market in the context of a globalized capitalism and of a neoliberal hegemony, as well as the repercussions of the macroeconomic conjuncture for the Social Work field (both academic and professional work). The data collected through the field work were analyzed, evidencing that, despite the strong identification with their degree’s fields, the young social workers have faced difficulties to perform the professional work immediately after graduation, turning to several master’s and doctorate’s programs that provide some financial assistance and enable the continuity of the studies, given that constant professional improvement is acknowledged as a facilitating factor in the insertion of the social worker in the job’s market
Palavras-chave: Assistentes sociais – Prática profissional
Assistentes sociais - Oferta e demanda de emprego
Mercado de trabalho - Brasil
Social workers - Professional practice
Social workers - job supply and demand
Labor Market - Brazil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Ferraz, Ivelize Oliveira. “E agora, José?” a situação profissional das/os recém-formadas/os em Serviço Social. 2018. 105 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21535
Data de defesa: 14-Sep-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ivelize Oliveira Ferraz.pdf938,94 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.