Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21524
Tipo do documento: Tese
Título: Vozes de Macau: identidade e memória no romance de Henrique de Senna Fernandes
Título(s) alternativo(s): Voices of Macao: identity and memory in Henrique de Senna Fernandes’s novel
Autor: Tateishi, Bruno 
Primeiro orientador: Brait, Elisabeth
Resumo: O objetivo deste trabalho é analisar como o romance de Henrique de Senna Fernandes orquestra a diversidade social de linguagens representadas artisticamente, recuperando memórias para forjar uma identidade macaense. Esta pesquisa buscará, por conseguinte, responder as seguintes perguntas: 1) Como Senna Fernandes articula artisticamente, no interior de seu universo romanesco, a diversidade social de discursos, recuperando memórias de Macau? 2) A partir da orquestração de vozes, que relações dialógicas são estabelecidas no romance de Senna Fernandes para compreender a identidade macaense representada na obra? Partindo da premissa de que o romance, na concepção bakhtiniana, se caracteriza pela estratificação interna da linguagem e tomando como foco o conceito de plurilinguismo, sustentamos a seguinte hipótese: se o discurso do romance é plurilíngue, ou seja, constrói-se na diversidade de vozes e de discursos, o romance de Senna Fernandes é representativo da memória e da identidade cultural de Macau, à medida que recupera diferentes vozes que aparecem nos romances, que caracterizam as personagens e as localizam em diferentes esferas sociais. O corpus selecionado é o conjunto de dois romances de Senna Fernandes, estando as obras dispostas cronologicamente da seguinte forma: Amor e dedinhos de pé (1985) e a A trança feiticeira (1994). Esta pesquisa, inserida no quadro teórico da Análise Dialógica do Discurso (ADD), estará assim dividida: 1) Elaboração de um panorama do contexto sócio-histórico-cultural de Macau, que partirá do início da ocupação/administração portuguesa em Macau até o fim do período de transição, que garantiria o retorno da soberania de Macau ao governo da China. Ao lado desse panorama do contexto histórico de Macau, tentaremos entender a construção histórico-política da identidade macaense, mais especificamente ao longo do século XX (tempo inscrito no romance e tempo do autor). 2) Na segunda parte, iremos explorar o universo literário de Macau com base na ideia de “Escrever Macau”. 3) Desenvolvimento da fundamentação teórica, que estará centrada na abordagem bakhtiniana sobre o discurso no romance; 4) Análise do corpus selecionado. Para que se leve adiante a análise das obras literárias escolhidas, proceder-se-á da seguinte forma: (a) Delimitação do contexto representado na obra, explicitando de que forma ele contribui para o desenvolvimento da narrativa e de seus personagens; (b) Leitura das obras e seleção dos enunciados, contendo as vozes do narrador e/ou dos personagens, que remetam a questões de identidade e memória de Macau; (c) Análise dos discursos expressos pelas vozes, mostrando de que forma podemos refletir, por meio deles, sobre questões de identidade percebidas na obra, analisando, por meio de “lentes dialógicas”, de que forma essas vozes legitimam seus diferentes valores e pontos de vista e como elas dialogam entre si
Abstract: The main goal of this paper is to analyze how Henrique de Senna Fernandes’s novel orchestrates the social diversity of languages artistically represented, recovering memories to forge a Macanese identity. Wherefore this research will seek to answer the following questions: 1) How does Senna Fernandes artistically articulate, in his inward Romanesque universe, the social diversity of discourses recovering memories of Macao? 2) From the orchestration of voices, what dialogical relations are established in Senna Fernandes’s novel to comprehend the Macanese identity represented by work? Starting from the premise that the novel, according to Bakhtin’s conception, is characterized by the internal stratification of language and taking focus the concept of multilingualism, we will seek confirmation or refutation of the following hypothesis: if the novel discourse is multilingual, that is, it is built up through diversity of voices and discourses, Senna Fernandes’s novel is representative of Macao cultural memory and identity, as far as it recovers different voices which appear in novels, which describe characters and spot them in different social spheres. The selected corpus is the conjunction of two novels of Senna Fernandes having the opuses been disposed chronologically by the following way: Amor e dedinhos de pé (1985) and the A trança feiticeira (1994). This research inserted in the theoretical framework of Dialogical Analysis of Discourse (DAD) will be divided into: 1) Elaboration of a social historical cultural context overview of Macao, which will start from the beginning of Portuguese occupation / administration in Macao until the end of the transition period, which would assure the return of Macao sovereignty to the government of China. Along this historical context overview of Macao, we will try to understand the historical political development of Macanese identity, more specifically throughout the twentieth century (time registered in novel and time of the author). 2) At the second part, we will explore the literary universe of Macao based on the idea of “Writing Macao”. 3) Development of theoretical basis which will be focused on Bakhtin’s approach about the discourse in novel; 4) Analysis of the selected corpus. In order to carry out the chosen literary works, this will be achieved as follows: (a) Delimitation of the context represented by work, clarifying how it contributed to the development of narrative and its characters; (b) Reading of works and selecting of statements, containing narrator’s voices and / or their characters’ as well as the manner of these voices, which refer to the issues of identity and memory of Macao; (c) Analysis of the discourses expressed by voices, showing how we can reflect, through them, on the issues of identity realized in work, analyzing, “dialogical lens”, how these voices legitimize their different values and perspectives and how they dialog among themselves
Palavras-chave: Contos chineses (Português) - China - Macau
Ficção chinesa (Português) - China - Macau
Fernandes, Henrique de Senna [1923-2010] - Crítica e interpretação
Países de língua portuguesa
Short stories, Chinese (Portuguese)
Fernandes, Henrique de Senna [1923-2010] - Criticism and interpretation
Portuguese-speaking countries
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Tateishi, Bruno. Vozes de Macau: identidade e memória no romance de Henrique de Senna Fernandes. 2018. 203 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21524
Data de defesa: 13-Set-2018
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bruno Tateishi.pdf1,24 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.