???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21469
Tipo do documento: Dissertação
Título: Juventudes transfronteiriças: (re)existência cultural e transnacional de um coletivo angolano em São Paulo
Autor: Paiva, Maria Cláudia Sant’anna de
Primeiro orientador: Borelli, Silvia Helena Simões
Resumo: Vive-se hoje em tempos de globalização, um cenário marcado pelas grandes circulações de bens materiais, capital, informação e, sobretudo, de pessoas. A tecnologia propicia maior fluxo, troca, compartilhamento de conteúdo, imagens e imaginários. Os cenários são reformulados e, de alguma forma, as pessoas de todo o globo podem se conectar tanto com outros sujeitos quanto com outros territórios. As fronteiras tornam-se porosas, conformam cenários marcados por disputa e conflito e são redesenhadas por seus sujeitos em deslocamento. Dentro desse grande compartilhamento, mais especificamente em São Paulo, inserem-se os jovens do coletivo angolano Muxima na Diáspora. Conjuntamente às suas narrativas e trajetórias, esta dissertação objetiva entender as formas pelas quais as práticas juvenis e imigrantes são capazes de criar um cenário vivo, pulsante e simbólico no interior da experiência metropolitana contemporânea, na qual a inserção da cultura, da política e da comunicação na vida cotidiana destes sujeitos é capaz de contribuir para transformações na perspectiva “inevitável” de permanência em contextos de segregação e exclusão urbanas. Da mesma forma, como em suas lutas contra o racismo, promovem e reformulam estruturas e configuram contranarrativas emergentes de forma “local” e “global”. O percurso metodológico esteve ancorado na combinação de referenciais teóricos com técnicas qualitativas (observação etnográfica, entrevista em profundidade e etnografia virtual), a fim de mergulhar empiricamente neste universo e responder de que forma esses imigrantes criam novas maneiras de (re)existirem e resistirem, assim como (re)constroem suas vidas em transfronteira, atrelando, revisitando e ressignificando memórias trazidas em seus corpos
Abstract: Today we live in times of globalization, a scenario marked by the great circulation of material goods, capital, information and, above all, people. Technology provides greater flow, exchange, sharing of content, images and imagery. Scenarios are reshaped and people across the globe can connect in various ways, both with other subjects and other territories. The boundaries become porous, conform scenarios marked by dispute and conflict and are redesigned by their subjects in displacement. Within this large movement of sharing, and more specifically in São Paulo, you will find the young people from the Angolan Muxima collective in the Diaspora. Together with it’s narratives and trajectories, this dissertation aims to understand the ways in which youth and immigrant practices are capable of creating a living, pulsating and symbolic scenario within the contemporary metropolitan experience, in which the insertion of culture, politics and communication in the daily life of these subjects is capable of contributing to changes in the "inevitable" perspective of permanence, within contexts of urban segregation and exclusion. In the same way, as in their struggles against racism, they promote and reformulate counter-narrative structures and configurations that are emerging in a "local" and "global" way. The methodological course was anchored in the combination of theoretical references with qualitative techniques (ethnographic observation, in-depth interviews and virtual ethnography), in order to empirically dive into this universe and to answer in what way these immigrants create new ways to (re)exist and resist, as well as (re)construct their lives in transboundary, linking, revisiting and resignifying memories existing their bodies
Palavras-chave: Migração - Aspectos sociais
Imigrantes - Assimilação cultural
Aculturação
Migration - Social aspects
Immigrants - Cultural assimilation
Acculturation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Paiva, Maria Cláudia Sant’anna de. Juventudes transfronteiriças: (re)existência cultural e transnacional de um coletivo angolano em São Paulo. 2018. 160 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21469
Data de defesa: 31-Aug-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Cláudia Sant_anna de Paiva.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.