???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21384
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSandes, Luis Fernando Silva-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4371783Z2por
dc.contributor.advisor1Gomes Júnior, Guilherme Simões-
dc.date.accessioned2018-08-29T11:32:45Z-
dc.date.issued2018-08-08-
dc.identifier.citationSandes, Luis Fernando Silva. Geração concretista em São Paulo: uma biografia coletiva. 2018. 127 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/21384-
dc.description.resumoEsta dissertação examina a atuação de um grupo de quinze artistas e poetas ligados ao concretismo paulista a partir dos anos 1950. O problema da pesquisa se refere à constituição do grupo concretista e à sua atuação na modernização do campo artístico brasileiro. O objetivo geral da pesquisa é compreender como se deu a afirmação da geração concretista na cidade de São Paulo desde a década de 1950. São importantes três ferramentas teóricometodológicas: o método da biografia coletiva e os conceitos de geração de Mannheim e de campo de Bourdieu. Essas ferramentas, a situação do campo artístico de então e a relação do concretismo brasileiro com o construtivismo são discutidos na introdução. No segundo capítulo, a dissertação se restringe ao período de 1947 até 1959. Nesse intervalo, surgiram instituições culturais importantes para que o concretismo se desenrolasse. O movimento concreto surgiu oficialmente em 1952. Ativo como grupo até 1959, entrou em debates com outras correntes artísticas e assumiu postos de relevo no meio artístico. Com foco nesse período de doze anos, é utilizado o método da biografia coletiva. Esse método prevê extrair informações sociais relevantes de populações definidas. A biografia coletiva resultante indica uma variedade de tópicos, redutos artísticos ou não e exposições em comum entre os quinze selecionados. Nos dois capítulos seguintes, o concretismo paulista é estudado em seus desdobramentos posteriores. No terceiro capítulo, são levantados fatores que colaboraram para a retomada do concretismo após seu auge na década de 1950. Entre eles, encontram-se exposições, coleções de arte, galerias, bibliotecas e antologias. No quarto capítulo, são investigados os ecos do movimento concreto na contemporaneidade. Ou seja, é pesquisado como o concretismo ainda se encontra presente atualmente no meio artístico, em suas propostas artísticas e além. Como conclusão, é apresentado um retrato de grupo, no qual explicitam-se aspectos em comum da população e realiza-se uma visada interpretativa. O material examinado é composto por biografias, manifestos, escritos autobiográficos, catálogos de exposições, estudos monográficos sobre artistas, matérias e críticas de arte publicadas em jornais, entrevistas ao autor, entre outrospor
dc.description.abstractThis master’s dissertation examines the action of a group of fifteen artists and poets linked to the concrete art movement in Sao Paulo starting on the 1950s. The research problem refers to the constitution of the concrete art group and to its role on the modernization of the Brazilian artistic field. The research’s general objective is to understand how the affirmation of the concrete art generation in the city of Sao Paulo during the 1950s took place. There are three important theoretical and methodological tools: collective biography’s method and the concepts of generation from Mannheim and field from Bourdieu. These tools, the situation of the artistic field from that time, and the relation of the Brazilian concrete art movement to the constructive movement are discussed in the introduction. In the second chapter, the dissertation limits itself to the period from 1947 to 1959. During such time span, cultural institutions relevant to the appearance of concrete art movement have arisen. The concrete art movement emerged officially in 1952. Active as a group until 1959, it held debates with other artistic streams and took over relevant positions in the artistic field. Focusing this period of twelve years, the collective biography’s method is used. Such method prescribes extracting relevant social information from defined populations. The resulting collective biography shows a variety of topics, artistic or not strongholds, and exhibits, all in common to the fifteen selected people. In the following two chapters, concrete art movement in Sao Paulo is studied in its unfoldings. In the third chapter factors that have collaborated for the recovery of concrete art after its peak during the 1950s are raised. Among those factors are art collections, art galleries, libraries and book anthologies. In the fourth chapter the echoes of concrete art movement in the contemporaneity are investigated. It is studied how concrete art movement is still nowadays present in the artistic field, considering its artistic proposals and beyond. As a conclusion a group portrait is shown, in which commonalities of the studied population are specified and a interpretative viewpoint is done. The examined material is composed of biographies, manifestoes, autobiographical pieces of writing, exhibition catalogues, monographic studies on artists, articles and critiques published in newspapers, interviews to the author, among otherseng
dc.description.provenanceSubmitted by Filipe dos Santos (fsantos@pucsp.br) on 2018-08-29T11:32:45Z No. of bitstreams: 1 Luis Fernando Silva Sandes.pdf: 772251 bytes, checksum: 71d252e917d56a0f10a9060879893d48 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-29T11:32:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Luis Fernando Silva Sandes.pdf: 772251 bytes, checksum: 71d252e917d56a0f10a9060879893d48 (MD5) Previous issue date: 2018-08-08eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/46542/Luis%20Fernando%20Silva%20Sandes.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Sociaispor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociaispor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectArte concreta - Brasilpor
dc.subjectArte e sociedade - São Paulo (estado) - História - Século 20por
dc.subjectConstrutivismo (Arte)por
dc.subjectArtistas e mecenaspor
dc.subjectConcrete art - Brazileng
dc.subjectArt and society - São Paulo (Brazil) - History - 20th centuryeng
dc.subjectConstructivism (Art)eng
dc.subjectArtists and patronseng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor
dc.titleGeração concretista em São Paulo: uma biografia coletivapor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luis Fernando Silva Sandes.pdf754,15 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.