???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21166
Tipo do documento: Dissertação
Título: Histórias de mulheres da periferia: construindo identidades discursivas de (re)existência
Autor: Freitas, Regiany Silva de 
Primeiro orientador: Silva, Maria Cecília Pérez de Souza e
Resumo: Esta pesquisa tem origem no trabalho desenvolvido pelo coletivo Nós, mulheres da periferia, grupo criado em 2014 por nove comunicadoras que moram na periferia de São Paulo, com o objetivo de produzir um jornalismo focado nas questões relacionadas às mulheres da periferia. Em 2015, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, o coletivo viabilizou, em três etapas, o projeto Desconstruindo Estereótipos: 1) oficinas, com cerca de cem participantes, com o objetivo de discutir as representações da mulher da periferia na grande mídia; tais discussões foram seguidas por exercícios de pintura e fotografia que permitiram a essas mulheres contar suas histórias de vida; 2) entrevistas, em vídeo, gravadas com nove das participantes das oficinas; 3) exposição artística multimídia criada com parte do material elaborado nas oficinas e captado nas entrevistas. A exposição, intitulada QUEM SOMOS [POR NÓS], ocupou o salão principal do Centro Cultural Municipal da Juventude Ruth Cardoso, na periferia da zona norte, e ficou em cartaz durante um mês. A partir de enunciados recortados do material apresentado na exposição, foram analisadas entrevistas de algumas das mulheres que participaram das oficinas, com o objetivo de compreender como elas (re)constroem, discursivamente, sua identidade na relação com outros discursos que circulam nos espaços públicos. Do ponto de vista teórico, a pesquisa apoiou-se nas noções de formações discursivas temáticas, cena de enunciação e ethos, tais como propostos e desenvolvidos por Dominique Maingueneau, e também nos princípios do feminismo interseccional, com base em Crenshaw, segundo o qual é inextricável a relação entre as opressões de gênero, classe social e raça na constituição de tais identidade. Cada dimensão foi apreendida na condição de formação discursiva - noção que caracteriza os limites da identidade de um discurso - de forma a depreender a produção dos sentidos e a interrelação entre eles no espaço interdiscursivo. A cenografia construída apoia-se em uma topografia de opressão e anulação e em uma cronografia de luta pela diminuição das desigualdades, mobilizando outros discursos contemporâneos de empoderamento das mulheres. Em relação à imagem construída pela enunciação, depreende-se o ethos de mulheres fortes que corresponde a um fiador capaz de participar desse mundo ético de resistência e enfrentamento de tais injustiças sociais
Abstract: This research is based on the work developed by the collective “Nós, mulheres da periferia”, a group created in 2014 by nine women communicators who live in the periphery of São Paulo with the purpose of producing journalism focused on issues related to women living in the periphery. In 2015, with the support of the São Paulo City Department of Culture, the collective enabled a project entitled Desconstruindo Estereótipos, which was divided into three-stages: 1) workshops with nearly one hundred participants aiming at discussing how women from the periphery are represented in the mainstream media; the discussions were followed by painting and photography exercises through which these women told their life stories; 2) video-recorded interviews with nine workshop participants; 3) multimedia art exhibit created using part of the material produced in the workshops and captured in the interviews. The exhibition, entitled QUEM SOMOS [POR NÓS], was held at the main hall of the Centro Cultural Municipal da Juventude Ruth Cardoso, in the periphery of São Paulo city north zone, and was open for visitation during a month. Based on statements selected from the material presented in the exhibition, the interviews given by some of the women who participated in the workshops were analyzed with the purpose of understanding how they discursively (re)construct their identities in relation to other discourses existing in public spaces. From the theoretical perspective, the research was based on the notions of thematic formations discursive, scene of enunciation, and ethos, as proposed and developed by Dominique Maingueneau, and also on the principles of Crenshaw’s intersectional feminism, according to which the relation between gender-, social class-, and race-based oppressions is inextricable in the constitution of identities. Each dimension was understood as a discursive formation – notion that characterizes the identity limits of a discourse – in order to infer the production of meanings and the inter-relation among them in the inter-discursive space. Through the scenography, it was possible to understand that the discourse is based on a topography of oppression and annulment as well as on the chronography of the fight for reducing inequalities, mobilizing other contemporary discourses of women empowerment. With regards to the image constructed by the enunciation, it is possible to infer an ethos of strong women that corresponds to the guarantor capable of participating in this ethical world of resistance and fight against these social injustices
Palavras-chave: Mulheres da periferia
Análise do discurso
Gênero
Women from the periphery
Discourse analysis
Gender
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Freitas, Regiany Silva de. Histórias de mulheres da periferia: construindo identidades discursivas de (re)existência. 2018. 140 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21166
Data de defesa: 27-Mar-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Regiany Silva de Freitas.pdf4,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.