???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21025
Tipo do documento: Dissertação
Título: Biópsia de pele para não especialistas: capacitação dos residentes de clínica médica, avaliação do conhecimento prévio e posterior à intervenção educativa
Autor: Gomes, Cassiano Tamura Vieira 
Primeiro orientador: Sampaio Neto, Luiz Ferraz de
Resumo: Introdução: É através da biópsia de pele que podemos obter material para o estudo histopatológico de lesões cutâneas, a qual é um importante exame subsidiário, por vezes fundamental, para condução de diferentes dermatoses e situações clínicas com envolvimento dermatológico. Porém, observamos que mesmo em situações clínicas necessárias, raramente os médicos não especialistas indicam ou executam este instrumento propedêutico. Acreditamos que isto ocorra devido ao fato de que eles não se sentem habilitados a indicar ou realizar tal procedimento. Objetivo: Pretendemos avaliar como os residentes de clínica médica (RCM), previamente se encontram em relação a esta situação, para em seguida propor uma capacitação teórica e prática e reavaliá-los posteriormente. Metodologia: Questionário inicial dirigido aos RCM, sobre como se sentem em relação ao tema, suas experiências e conhecimentos sobre biópsia de pele, seguido de capacitação teórica e prática com simulação de procedimento em peça anatômica de pata de porco. Avaliação posterior, realizada duas semanas após a intervenção inicial, através de questionário em que se investiga como o residente se posiciona em relação às situações de indicação e para a realização da biópsia, e reavaliação de seus desempenhos. Análise quantitativa do número de respostas corretas nos questionários inicial e final. Análise individual da percepção dos residentes frente à inclusão da biópsia de pele como instrumento propedêutico de sua futura prática como clínico. Resultados/Conclusão: A intervenção incluiu nove residentes do Programa de Residência Médica de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da PUC/SP. Quatro RCM que participaram do estudo, se sentiam aptos a indicar uma biópsia de pele e nenhum deles se sentia apto a realizar tal procedimento sozinho. Após o treinamento todos responderam se sentirem aptos à indicação do procedimento, alegando em sua maioria acharem um procedimento, útil, seguro e de fácil realização. Um RCM se considera inapto a realizar sozinho o procedimento por necessitar de mais treinamento e oito se consideram aptos
Abstract: Introduction: It is through the biopsy of skin that we can obtain material for the study histopathological of cutaneous lesions, which is an important subsidiary examination, sometimes fundamental, for conducting different dermatitis and clinical situations with dermatological involvement. However, we observe that even in necessary clinical situations, rarely physicians not experts indicate or perform this propaedeutic instrument. We believe that this occurs due to the fact that they do not feel empowered to indicate or perform such a procedure. Objective: We intend to evaluate how the residents of Medical Clinic (RCM) have previously been in relation to this situation, and then propose a theoretical and practical qualification and re-evaluate them afterwards. Methodology: Initial questionnaire addressed to the RCM, on how they feel about the theme, their experiences and knowledge about skin biopsy, followed by theoretical and practical training with simulation of procedure in anatomical pigs’ feet. Subsequent evaluation, two weeks from the initial intervention, through a questionnaire in which the resident is positioned in relation to the situations of indication and the realization of the biopsy, and revaluation of his performance. Quantitative analysis of the number of correct responses in the initial and final questionnaires. Individual analysis of the perception of residents in front of the inclusion of skin biopsy as a propaedeutic instrument of their future practice as clinical. Results/Conclusion: The intervention included nine residents of the Medical Clinic Residency program at the Faculty of Medical Sciences and Health of PUC/SP. Four RCM that participated in the study, felt fit to indicate a skin biopsy and none of them felt able to perform such a procedure alone. After training everyone responded to feel fit to indicate the procedure, claiming to find a procedure, useful, safe and easy to accomplish. A RCM consider himself unable to perform the procedure alone because it requires more training and eight consider theirselves able
Palavras-chave: Educação em saúde
Biópsia
Dermatopatias
Manifestações cutâneas
Health education
Biopsy
Cutaneous manifestations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Gomes, Cassiano Tamura Vieira. Biópsia de pele para não especialistas: capacitação dos residentes de clínica médica, avaliação do conhecimento prévio e posterior à intervenção educativa. 2018. 60 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/21025
Data de defesa: 9-Mar-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cassiano Tamura Vieira Gomes.pdf1,41 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.