???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20939
Tipo do documento: Dissertação
Título: Professores de canto e fonoaudiólogos: conhecimento interdisciplinar na atuação com cantores
Título(s) alternativo(s): Singing teachers and speech therapists: interdisciplinary knowledge in acting with singers
Autor: Colepicolo, Carla Rosati 
Primeiro orientador: Ferreira, Léslie Piccolotto
Resumo: Introdução: o desenvolvimento da pesquisa em voz cantada tem mostrado interesses comuns por parte de algumas áreas do conhecimento. Professores de canto e fonoaudiólogos têm aproximado seus saberes e um trabalho conjunto pode proporcionar um crescimento para todos os profissionais envolvidos com a voz cantada. Objetivo: analisar a atuação conjunta de professores de canto e fonoaudiólogos no trabalho com cantores. Método: amostra intencional com cinco professores de canto e cinco fonoaudiólogos reconhecidos no trabalho com a voz de cantores. Esses responderam a cinco perguntas semi-dirigidas que foram áudio-gravadas e transcritas. O material foi analisado e categorizado. Resultados: de acordo com os fonoaudiólogos entrevistados, cabe a eles entender o contexto do cantor; diagnosticar e realizar ações de prevenção e reabilitação da voz; trabalhar com a fisiologia e estrutura vocal. Os professores de canto falaram que o papel do fonoaudiólogo é trabalhar com a saúde e alteração vocal. A orientação vocal foi apontada pelos dois grupos de profissionais. Segundo os professores de canto, o papel dos mesmos é de detectar a alteração vocal e encaminhar ao outro especialista. Para os fonoaudiólogos, somente o professor de canto deve fazer a classificação vocal e afinação. A expressividade, musicalidade, técnica, escolha do repertório, o estilo e estética vocal foram itens indicados por ambos os profissionais para explicar o papel do professor de canto. O papel de ajustar a estrutura vocal a fim de atender a demanda foi uma resposta considerada como papel de fonoaudiólogos e professores de canto. A atuação entre os profissionais é entendida e pode acontecer: de forma independente ou complementar e associada ou ainda, com interação, comunicação e continuidade no trabalho com cantores. Foram citados alguns aspectos que interceptam as relações entre esses especialistas na atuação com cantores relacionados: ao bem-estar vocal; ao contexto vivido pelos cantores; aos papéis dos profissionais; a terminologia utilizada; a relevância da especialidade na voz cantada e o contraponto entre ciência versus arte. Conclusão: professores de canto e fonoaudiólogos estabelecem entre si diferentes e peculiares relações de atuação no trabalho com cantores, se caracterizando pelo contato, por trocas de conhecimento, encaminhamentos, apoio, reconhecimento, atuação conjunta e atuação interdisciplinar. Tanto professores de canto como fonoaudiólogos dizem indicar e necessitam de um trabalho conjunto porque entendem que o outro profissional poderá desenvolver o aspecto vocal ou fazer o ajuste do aparelho vocal dos cantores identificado em sua avaliação com mais precisão, mais efetividade ou mais especificidade
Abstract: Introduction: The development of voice research has shown common interests in some areas of knowledge. Singing teachers and speech therapists have approached their knowledges and a joint work can provide a growth for all professionals involved with the singing voice. Objective: to analyze the joint performance of singing teachers and speech therapists in working with singers. Method: intentional sample with five singing teachers and five recognized speech therapists working with the voice of singers. These answered five semi-directed questions that were audio-taped and transcribed. The material was analyzed and categorized. Results: according to the audiologists interviewed, it is up to them to understand the context of the singer; diagnose and carry out actions of prevention and rehabilitation of the voice; work with the physiology and vocal structure. The singing teachers said that the role of speech therapist is to work with health and voice alteration. The vocal orientation was pointed out by the two groups of professionals. According to the singing teachers, their role is to detect the vocal alteration and refer to the other specialist. For speech therapists, only the singing teacher should do the vocal classification and tuning. Expressiveness, musicality, technique, choice of repertoire, style and vocal aesthetics were items indicated by both professionals to explain the role of the singing teacher. The role of adjusting the vocal structure in order to meet the demand was a response considered as the role of speech therapists and singing teachers. The performance among professionals is understood and can happen: independently or complementary and associated or still, with interaction, communication and continuity in the work with singers. Some aspects were mentioned that intercept the relations between these specialists in the performance with related singers: to the vocal well-being; to the context lived by the singers; the roles of professionals; the terminology used; the relevance of the specialty in the singing voice and the counterpoint between science versus art. Conclusion: singing teachers and speech therapists establish different and unique working relationships with singers, characterized by contact, exchanges of knowledge, referrals, support, recognition, joint action and interdisciplinary action. Both vocal teachers and speech therapists say they need to work together because they understand that the other professional can develop the vocal aspect or adjust the vocal apparatus of the singers identified in their evaluation with more precision, more effectiveness or more specificity
Palavras-chave: Voz
Canto
Comunicação interdisciplinar
Voice
Singing
Interdisciplinary communication
Speech therapy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Colepicolo, Carla Rosati. Professores de canto e fonoaudiólogos: conhecimento interdisciplinar na atuação com cantores. 2017. 109 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20939
Data de defesa: 26-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carla Rosati Colepicolo.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.