???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20925
Tipo do documento: Dissertação
Título: Teste de progresso: a percepção do discente de Medicina
Título(s) alternativo(s): Progress test: the perception of the Medical student
Autor: Chinelato, Marlene Moraes Rosa 
Primeiro orientador: Martinez, José Eduardo
Resumo: Objetivo: Esta pesquisa descritiva de abordagem qualitativa objetivou analisar a percepção dos estudantes do curso de graduação de Medicina de um Centro Universitário do noroeste paulista sobre o seu desempenho no Teste de Progresso, bem como o impacto desta percepção em curto prazo e, a partir disto, propor ações de ajustes para o melhoramento contínuo do processo ensino-aprendizagem. A amostra de conveniência foi constituída por vinte participantes após aprovação da pesquisa no Comitê de Ética em Pesquisa. Utilizou-se a técnica de grupos focais em dois momentos distintos para coletar os dados qualitativos. A análise de conteúdo dos grupos focais fundamentou-se em Bardin (2011). Resultados: Participaram do primeiro grupo focal dez estudantes do quinto período e do segundo grupo, dez estudantes do oitavo período. A análise de conteúdo das entrevistas resultou na identificação de três categorias: 1. Condições inadequadas; 2. TP como ferramenta pedagógica; 3. Sentimentos antagônicos. Conclusão: Os estudantes entrevistados consideram o Teste de Progresso uma “ferramenta pedagógica” relevante que permite a autoavaliação e a correção das lacunas de aprendizagem. Entretanto, os resultados de desempenho do TP e o feedback recebido determinam sentimentos antagônicos, de acordo com o período que estão cursando, de frustração para os alunos de quinto período e de segurança para os alunos do oitavo período. O impacto determinado pelo desempenho no TP, a curto prazo, não promoveu mudanças no plano de estudo dos estudantes entrevistados. É preciso considerar estratégias para a entrega do feedback formativo, que permita a discussão das questões e dos resultados do curso/turmas, de forma reflexiva, potencializando o processo ensino-aprendizagem
Abstract: Objective: This descriptive research of qualitative approach aimed to analyze the students ' perception of the undergraduate course of Medicine of a University Center in the northwest Paulista about their performance in the progress test, as well as the impact of this perception in the short term and, from that, propose adjustments actions for the continuous improvement of the teaching-learning process.The sample of convenience was made up by twenty participants, after approval of the research at the Ethics Committee on Research. The technique of focal groups was applied in two distinct moments to collect the qualitative data. The content analysis of the focal groups was based on Bardin (2011). Results: Ten students of the fifth period took part in the first focal group and ten students of the eighth period took part in the second group. The analysis of the content of the interviews resulted in the identification of three categories:1. Inappropriate conditions; 2.PT as a pedagogical tool; 3. Antagonistic feelings. Conclusion: The students that were interviewed consider the ProgressTest a relevant "pedagogical tool" that allows self-assessment and correction of learning gaps.&n bsp; However, the performance results of PT and the received feedback determine antagonistic feelings according to the period they are taking, of frustration for the fifth period students and security for the students of the eighth period. The impact determined by the performance in the short-term PT did not promote changes in the study plan of the students that were interviewed. It is necessary to implement strategies for the delivery of the formative feedback in a reflexive way, which allows the discussion of the issues and the results of the course/classes enhancing the teaching-learning process
Palavras-chave: Avaliação educacional
Estudantes de medicina
Educação Médica
Education - Evaluation
Medical students
Medical education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Chinelato, Marlene Moraes Rosa. Teste de progresso: a percepção do discente de Medicina. 2018. 67 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) – Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20925
Data de defesa: 9-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marlene Moraes Rosa Chinelato.pdf1,16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.