???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20919
Tipo do documento: Tese
Título: Os restos de um cinema chamado ambiental: um estudo sobre filmes brasileiros que abordam o meio ambiente desde a década de 1970
Autor: Alboreda, Solange 
Primeiro orientador: Santos, Rogerio da Costa
Resumo: O Cinema Ambiental é um subgênero cinematográfico presente em mostras e festivais que têm entre seus objetivos exibir filmes sobre a degradação ambiental, poluição, abusos de poder relacionados ao uso da terra, questões indígenas, uso de energia e de bens, catástrofes causadas pela ação humana, uso de agrotóxicos e muitos outros aspectos que permeiam as relações homem-meio ambiente. Este estudo concentra esforços na compreensão do que compõe o ambiental e que ao longo do tempo vai entrando na pauta das políticas públicas e nos projetos de desenvolvimento econômico. Para isso a tese vale-se de relatos pessoais e de releituras da Canção do Exílio, de Gonçalves Dias, numa alusão ao ufanismo presente no nosso modelo sociopolítico e ao romantismo conservador que o acompanha, estabelecendo um jogo crítico com 11 filmes abarcando o período que vai de 1970 aos dias atuais. Os filmes selecionados permitem refletir sobre o deslizamento de termos que traduzem os restos da sociedade e sobre a captura do “ambientalismo” pelo sistema, que o usa como mercadoria e nos torna prisioneiros angustiados de um modo de vida regrado. Mas o homem sempre se reinventa a partir dos restos e pode criar outra maneira de pensar e viver. Os encaminhamentos relevantes são aqueles que evidenciam que para uma possível curadoria desse cinema não há que se concentrar esforços em produções específicas, mas na possibilidade do diálogo entre as pessoas sobre as configurações do ambiental que em cada época estabelecem o que é importante ver e dizer num filme para aumentar nossa força de existir em conjunto
Abstract: Environmental Cinema is a cinematographic subgenre present in shows and festivals that have among their goals to screen films about environmental degradation, pollution, power abuses related to land use, indigenous issues, energy´s usage and goods, catastrophes caused by human action, the use of agrochemicals and many other aspects that permeate man-environment relations. This study concentrates efforts on the understanding of what the environment is made up. For this, the thesis is based on my personal reports and re-readings of Gonçalves Dias's Canção do Exílio, in an allusion to the excessive pride present in our socio-political model and the accompanying conservative romanticism, establishing a critical game with 11 films covering the period from 1970 to the present day. The films selected allow us to reflect on the slipping of terms that translate the left overs of society and the capture of "environmentalism" by the system, which uses it as a commodity and makes us anguished prisoners of a regulated way of life. But man always reinvents himself from the remains and can create another way of thinking and living. The relevant referrals are those that show that for a possible curatorship of this cinema, it is not necessary to concentrate efforts on specific productions, but rather on the possibility of people´s dialogue about the environmental configurations that in each time establishes what is important to see and to be said in a film to increase our strength to coexist
Palavras-chave: Cinema
Responsabilidade ambiental
Política ambiental
Cinema
Environmental responsibility
Environmental policy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Alboreda, Solange. Os restos de um cinema chamado ambiental: um estudo sobre filmes brasileiros que abordam o meio ambiente desde a década de 1970. 2017. 134 f. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20919
Data de defesa: 22-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Solange Alboreda.pdf3,2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.