???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20776
Tipo do documento: Dissertação
Título: Apoio matricial em saúde mental na atenção primária: estratégia de resolutividade e satisfação da equipe
Autor: Suarez, Maria Clara Schnaidman 
Primeiro orientador: Rodrigues, Cibele Isaac Saad
Resumo: A região de Sorocaba/SP concentrou entre a década de 60 e 2012, o maior número de leitos psiquiátricos do país, ocupados principalmente por pacientes de longa permanência. Embasado nos preceitos da Reforma Psiquiátrica Brasileira e motivado por denúncias de maus tratos, em dezembro de 2012 a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta1 determinou a desinstitucionalização de todas as pessoas internadas juntamente com a reestruturação da Rede de Atenção Psicossocial. A partir da Portaria 3088/2011, que incluiu a Atenção Primária como um dos principais pontos da Rede, fizeram-se necessárias adequações para que o atendimento em saúde mental nestes serviços fosse possível e eficaz. O matriciamento veio como a principal ferramenta sugerida pelo Ministério da Saúde para esta construção. Esta pesquisa tem por objetivos demonstrar a relação entre o matriciamento em Saúde Mental na Atenção Primária e a melhora na resolutividade dos casos e conhecer a opinião das equipes das Unidades Básicas de Saúde (UBS) após o matriciamento, no sentido de compreender melhor as necessidades dos usuários com sofrimento mental. Trata-se de estudo observacional, transversal e exploratório, de abordagem quanti-qualitativa. As informações foram coletadas por meio de questionário semiestruturado de múltipla escolha, contendo também questões abertas, validado por um Comitê de cinco especialistas e aplicado a 36 profissionais de saúde de quatro das trinta e uma UBS de Sorocaba/SP, após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da PUC-SP. Foi utilizado o método de análise de conteúdo de Laurence Bardin para análise das respostas às perguntas abertas. A pesquisa mostrou que o apoio matricial melhora a resolutividade dos problemas relacionados à Saúde Mental nas UBS e, na opinião dos participantes, oferece maior satisfação nesta resolução, por melhor compreensão dos casos atendidos e pela oportunidade de discutir os casos com as equipes de matriciamento, apesar de apontar obstáculos a serem vencidos
Abstract: The region of Sorocaba/SP concentrated between the 1960s and 2012, the largest number of psychiatric beds in the country, mainly occupied by long-term patients. Based on the precepts of the Brazilian Psychiatric Reform and motivated by denunciations of ill-treatment, in December 2012, the signing of a Conduct Adjustment Agreement determined the deinstitutionalization of all persons interned together with the restructuring of the Psychosocial Care Network. From the GM Ordinance 3088/2011, which included the Primary Care as one of the main points of the PCN, there have been several changes and adjustments necessary for the mental health care in these services would be possible and effective. The Matrix Support came as the main tool suggested by the Ministry of Health for this construction. This research aims to demonstrate the relationship between the matrix support in mental health in primary care and the improvement in solving cases, and know the opinion of the BHU teams after the matrix support in order to better understand the needs of users with mental suffering. This is an observational, cross-sectional and exploratory study with a quanti-qualitative approach. Information collection were obtained through a semi-structured questionnaire with open questions validated by an expert committee of 5 specialists and applied to 36 health professionals from four of the thirty-one BHU of Sorocaba/SP, after approval by The Ethics Committee of Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde of PUC-SP. A Laurence Bardin content analysis method was used for open questions analysis. The research showed that the matrix support improves the resolution of the problems related to Mental Health in the BHU and in the opinion of the participants offers greater satisfaction to the team in this resolution, for a better understanding of the cases attended, and for the opportunity to discuss the cases with the matrix support teams, despite pointing obstacles to be overcome
Palavras-chave: Saúde mental
Hospitais psiquiátricos
Atenção Primária à Saúde
Mental health
Psychiatric hospitals
Primary Health Care
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Suarez, Maria Clara Schnaidman. Apoio matricial em saúde mental na atenção primária: estratégia de resolutividade e satisfação da equipe. 2017. 129 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20776
Data de defesa: 8-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Clara Schnaidman Suarez.pdf2,53 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.