???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20575
Tipo do documento: Dissertação
Título: O estado da arte sobre o mercado de consumo para terceira idade no Brasil
Autor: Michelin, Ana Gabriela Sturzenegger 
Primeiro orientador: Côrte, Beltrina
Resumo: A população idosa aumenta, tem uma vida mais longa, com novos hábitos e atitudes, além de novos desejos e necessidades, apresenta também participação importante na renda do país e, com isso, passa a ser atrativa ao mercado de consumo. As empresas no Brasil realizam projetos sobre esse segmento de forma tímida, com um levantamento de informações e pesquisas de mercado quase inexistente. Diante desse cenário, o objetivo principal desse trabalho foi conhecer o Estado da Arte sobre o mercado de consumo e a terceira idade no Brasil, de 2006 a 2016, para verificar o que temos de conhecimento acadêmico constituído até então, bem como as lacunas e possibilidades sobre esse tema. Como metodologia, optamos pela pesquisa do Estado da Arte, de caráter bibliográfico e exploratório, com análise de conteúdo. Nosso universo foi de 89 trabalhos acadêmicos que continham palavras relativas ao mercado de consumo (serviço, produto, consumo, marketing e mercado) e à terceira idade (idoso, envelhecimento, velho, velhice e terceira idade). Como resultados, temos: 1) uma grande participação feminina dos trabalhos (71 dentre os 98), principalmente sobre os temas que tratam do entendimento do consumidor idoso, a construção e reprodução da imagem do idoso, além dos cuidados exigidos nessa fase. A menor participação masculina (27 dentre os 98) está principalmente nos temas das soluções práticas em busca de melhorias e adaptações para as questões advindas do envelhecimento; 2) mapeamento de polos geográficos de concentração de estudos sobre o tema como SP (40 trabalhos), RS (15 trabalhos), RJ (11 trabalhos) e SC (7 trabalhos) ; 3) apresentação de 9 temas sobre os trabalhos do estudo que são: aumento da demanda, serviços, novas tecnologias, desenvolvimento de produtos, uso de produtos, propagandas, mídias, direitos e Varejo/PDV e 5) indicação das tendências sobre os dados que nos mostram crescimento do interesse sobre o tema, seja em número de trabalhos, em diversidade de áreas geográficas e instituições de ensino e de temas abordados nos trabalhos. A conclusão é que o conhecimento sobre o aumento da população idosa, suas razões e consequências já está bastante difundido no campo acadêmico, com muitas possibilidades e necessidade de estudos que aprofundem o conhecimento sobre o consumidor idoso, bem como as atuais demandas e novas soluções de produtos e serviços que o melhor atenda. A dualidade do discurso que reforça os estereótipos do idoso dependente e frágil ou do idoso ativo e jovem, responde a um enquadramento do mercado sobre o poder de consumo desse segmento, porém não atende à multiplicidade dos idosos consumidores, abrindo espaço para novos discursos e possibilidades do ser velho. Por fim, há possibilidade também de as empresas passarem a considerar esse segmento dos indivíduos com mais de 60 anos em seus planos e projetos, começando por incluí-los nos estudos de pesquisa de mercado que realizam
Abstract: The aging population is growing, living longer, having new habits and attitudes, in addition to new wishes and needs, and significantly contributing to the country's national income and, as a result, becomes appealing to the consumer market. Businesses in Brazil hardly carry out projects in this segment, with almost nonexistent information-gathering and market research. Given this scenario, the main objective of this work was to learn about the State of the Art on the consumer market and seniors in Brazil, from 2006 to 2016, in order to verify what kind of academic knowledge we have, as well as the gaps and opportunities on this topic. For methodology, we opted for State-of-the-Art research of a bibliographic and exploratory nature, with content analysis. We analyzed 98 academic papers containing words related to the consumer market (service, product, consumption, marketing and market) and to the elderly (senior, aging, old and elderly). The outcome was: 1) high female participation (71 out of the 98 papers), especially regarding topics that deal with the understanding of the elderly consumer, the construction and reproduction of the elderly’s image, besides the care required at this stage. Lower male participation (27 out of the 98 papers) mainly related to topics that address practical solutions for improvements and adaptations to aging-related issues; 2) geographical mapping of study concentration on the subject, such as SP (40 papers), RS (15 papers), RJ (11 papers) and SC (7 papers); 3) presentation of 9 topics on the study’s papers, as follows: increased demand, services, new technologies, product development, product usage, advertising, media, rights, and Retail/ POS; and 5) indication of trends related to data that show us a growing interest in the subject, whether in the number of papers, in the diversity of geographic areas and educational institutions, and in the topics of the papers. The conclusion is that knowledge about the growing aging population, its reasons and consequences are already quite widespread in the academic field, with many possibilities and need for studies that deepen the knowledge on the elderly consumer, as well as current demands and new solutions for products and services that best meet their needs. The duality of the speech that reinforces stereotypes of the dependent, fragile elderly, or of the active, young elderly responds to a market framework on this segment’s power of consumption, but does not cater to the multiplicity of elderly consumers, making room for new discussions and possibilities of being old. Finally, it is also possible for businesses to consider this segment of individuals over 60 years old in their plans and projects, starting by including them in the market research studies they conduct
Palavras-chave: Idosos como consumidores
Mercado de consumo
Gerontologia social
Older consumers
Consumer market
Social gerontology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia
Citação: Michelin, Ana Gabriela Sturzenegger. O estado da arte sobre o mercado de consumo para terceira idade no Brasil. 2017. 133 f. Dissertação( Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20575
Data de defesa: 26-Oct-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Gabriela Sturzenegger Michelin.pdf1,42 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.