???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20550
Tipo do documento: Dissertação
Título: A vulnerabilidade dos 20% mais pobres do Brasil e o mercado de trabalho no período 2004-2014
Título(s) alternativo(s): The vulnerability of Brazil's poorest 20% and the labor market in the period 2004-2014
Autor: Soares, Laís Cristina 
Primeiro orientador: Marques, Rosa Maria
Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar a inserção dos 20% mais pobres do Brasil no mercado de trabalho e apresentar a evolução de sua inserção no período 2004-2014, a fim de verificar se houve redução da vulnerabilidade e do déficit de trabalho decente dessa parcela da população do país. Partiu-se da constatação de que a inserção dos mais pobres no mercado de trabalho é marcada pela instabilidade ocupacional. O referencial teórico apoiou-se nos conceitos de vulnerabilidade do trabalho e trabalho decente. A seleção dos indicadores para analisar a evolução no mercado de trabalho foi realizada a partir da coerência e aderência aos fundamentos teóricos e a disponibilidade dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Conclui-se que, apesar dos avanços sociais do período e a melhora dos indicadores do mercado de trabalho na média brasileira, a população ocupada dentre os 20% mais pobres não apresentou alterações significativas em sua inserção no mercado de trabalho brasileiro, mantendo um elevado déficit de trabalho decente
Abstract: This study aims to analyze the insertion of the poorest 20% of Brazil in the labor market and to present the evolution of their insertion in the period 2004-2014, in order to verify if there was a reduction of the vulnerability and the decent work deficit of this part of the Population. It started from the fact that the insertion of the poorest in the labor market is marked by occupational instability. The theoretical framework was based on the concepts of vulnerability of work and decent work. The selection of the indicators to analyze the evolution in the labor market was made based on the coherence and adherence to the theoretical foundations and the availability of data from the National Household Sample Survey (PNAD). It is concluded that, despite the social advances of the period and the improvement of labor market indicators in the Brazilian average, the employed population among the poorest 20% did not show significant changes in their insertion in the Brazilian labor market, maintaining a high deficit Decent work
Palavras-chave: Pobres - Brasil
Mercado do trabalho - Aspectos sociais
Trabalho e classes trabalhadoras - Brasil
Poor - Brazil
Labor market - Social aspects
Work and working classes - Brazil
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Soares, Laís Cristina. A vulnerabilidade dos 20% mais pobres do Brasil e o mercado de trabalho no período 2004-2014. 2017. 85 f. Dissertação (Mestrado em Economia Política) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20550
Data de defesa: 12-Sep-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Laís Cristina Soares.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.