???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20501
Tipo do documento: Tese
Título: O trabalho das Assistentes Sociais do Fórum das Varas Especiais da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo: tempo de trabalho, intensificação e precarização
Autor: Azevedo, Fernanda Caldas de 
Primeiro orientador: Degenszajn, Raquel Raichelis
Resumo: Essa tese analisa as condições de trabalho das Assistentes Sociais no Fórum das Varas Especiais da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, com o objetivo de apreender o seu processo de intensificação nesse espaço sócio-ocupacional, conferindo centralidade à categoria tempo de trabalho como um elemento determinante da luta histórica da classe trabalhadora pela redução da jornada de trabalho. Por isso, tempo e trabalho se apresentaram como dimensões relevantes a serem analisadas, notadamente na atual etapa de financeirização do capital que se refrata no setor produtivo, nos serviços, na reconfiguração das políticas públicas e nas condições de trabalho. Nesse âmbito, o exercício profissional no Tribunal de Justiça foi apreendido como trabalho e o/a assistente social como trabalhador/a assalariado/a, sofrendo as injunções das tendências gerais do mundo do trabalho. As relações entre Direito e Sistema de Justiça foram objeto de tematização por atravessarem e condicionarem o trabalho desenvolvido pelas assistentes sociais, por meio das interfaces com as requisições decorrentes do ato infracional a partir do fluxo de atendimento no Fórum das Varas Especiais da Infância e Juventude. A metodologia da pesquisa, de natureza qualitativa e quantitativa, envolveu a aplicação de questionários e entrevistas, com base em roteiro semiestruturado, com dez Assistentes Sociais que compõem a equipe técnica. Entre os achados da pesquisa constatou-se forte presença da intensificação do trabalho, percebida pela maioria das trabalhadoras por meio das precárias condições de trabalho e também pela própria estrutura do Judiciário em seus ritmos, velocidade e carga de trabalho, que reafirmam os ditames privados adentrando o espaço público-estatal. Identificou-se também a ampliação da jornada de trabalho, ainda mais estimulada pela redução do número de assistentes sociais na equipe técnica do Serviço Social em função do processo de remoção e de aposentadoria, que não têm levado a novas contratações. Estratégias de resistência - individuais e coletivas, internas e externas - são mobilizadas, mas resta o desafio de avançar com novas propostas contra a intensificação do trabalho, por meio de dispositivos no contrato de trabalho que possam vincular previamente o grau de intensidade do trabalho a ser realizado, a depender do fortalecimento das lutas coletivas do trabalho contra o capital
Abstract: This doctoral thesis analyses the job conditions of the social workers in the Special Children and Juvenile Courts of Law in the State of São Paulo. The goal of the present thesis is to prove that the workload intensification process has become one of the most decisive and crucial element to be tackled by the social workers class if they want to work fewer hours. Consequently, time and working activities are presented as vital aspects to be examined carefully when dealing with the inherent financial characteristics of the capital used in the productive and service sectors as well as in the restructuring of the public policies and working classes conditions. Within this context, the professional activity in the Court of Law was understood as the job performed itself and the social worker as the employee who performs a paid job and suffers the consequences of the economic conditions and working tendencies of all over the world. The relationship between the Law and the Legal System were objects of this study because they have a strong influence on the performance of the social workers’ daily activities due to the frequent law requisitions resulted from infringement acts which are treated at the Special Children and Juvenile Court of Law every single day. All the data collected for this paper were analysed in terms of their quality and quantity worth. Based on a semi-structured guide, ten social workers from the Court staff were interviewed face to face and asked to answer a written survey. Among the research findings, it was realised that the employees have been working under pressure due to the huge intensification of their workload and harmful working conditions, worsened by the organisational structure, rhythm and pace of the Court of Law, which reaffirm that the private sector entanglements are influencing the state public sector. Furthermore, it was also discovered that new social workers are not being hired because of the workload intensification of the current employees due to the reduction in the number of social workers who leave the job either from removal or retirement. Therefore resilience strategies are being held individually and collectively as well as internally and externally as an effective way to avoid the workload intensification of the social workers. However, it is still a challenge to be faced. In conclusion, this study shows that it is essential for the ones involved in this process to discover innovative legal means to prevent the social workers to be overloaded by work and give them useful tools to fight against capitalist exploitation
Palavras-chave: Assistentes sociais - Prática profissional
São Paulo (Estado). Tribunal de Justiça. Fórum das Varas Especiais da Infância e Juventude
Serviço social - São Paulo (Estado)
Social workers - Professional practice
Special Children and Juvenile Courts of Law
Court of Law in the State of São Paulo
Social Service - São Paulo (State)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Azevedo, Fernanda Caldas de. O trabalho das Assistentes Sociais do Fórum das Varas Especiais da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo: tempo de trabalho, intensificação e precarização. 2017. 351 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20501
Data de defesa: 22-Sep-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda Caldas de Azevedo.pdf1,98 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.