???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20286
Tipo do documento: Tese
Título: Aplicação do Early Social Communication Scale (ESCS) em bebês de 9 a 15 meses: um estudo sobre atenção compartilhada
Autor: Dorigon, Lygia T
Primeiro orientador: Andery, Maria Amália
Resumo: A atenção compartilhada é o termo utilizado, pela literatura do desenvolvimento e cognitivista, para se referir a um conjunto de comportamentos (que envolvem gestos e contato visual), que permite ao indivíduo se engajar em relações triádicas, entre um par social e um objeto de interesse comum, a fim de compartilhar experiências. A identificação de comportamentos de atenção compartilhada em bebês tem sido correlacionada com o desenvolvimento posterior de linguagem e de outros comportamentos simbólicos. A falha na emissão de comportamentos de atenção compartilhada tem sido considerada um indicador confiável do Transtorno do Espectro Autista. O desenvolvimento de medidas objetivas de avaliação é fundamental para que se identifique o mais precocemente possível déficits em comportamentos considerados cruciais no desenvolvimento infantil de humanos. A ausência de avaliações analíticocomportamentais, especialmente delineadas para a investigação dos comportamentos de atenção compartilhada levou a seleção de um instrumento de avaliação de comportamentos pré-vocais, desenvolvido por pesquisadores do desenvolvimento e delineado para a identificação de comportamentos, antes de um ano de idade. Os objetivos deste estudo foram (a) analisar as contingências envolvidas nas tarefas do instrumento de avaliação Early Social Communication Scale, (b) investigar o desenvolvimento de comportamentos de atenção compartilhada em oito bebês, de 9 a 15 meses e (c) propor um conjunto de tarefas para avaliação de comportamentos de atenção compartilhada. Os resultados da análise do instrumento indicaram que tarefas delineadas para a categoria Iniciar Atenção Compartilhada apresentavam condições evocativas menos explícitas que para a categoria Responder à Atenção Compartilhada e que alguns dos comportamentos avaliados na categoria Iniciar Atenção Compartilhada não cumpriam com os requisitos para esta inclusão. O desempenho dos participantes na categoria Responder à Atenção Compartilhada diferenciou-se nos meses avaliados. E na categoria Iniciar Atenção Compartilhada este dado foi identificado apenas para o comportamento de apontar. Para os demais, não se observou padrão regular no desenvolvimento dos comportamentos, mas considera-se a influência de questões relativas a classificação dos comportamentos e das tarefas. O conjunto de tarefas proposto avalia os comportamentos nas categorias falante e ouvinte com tarefas que estabelecem condições evocativas para todos os comportamentos em avaliação
Abstract: Joint attention is a term, used by cognitive and developmental literature, to refer to a set of behaviors (which could involve gestures and eye contact) that permits an individual to engage in triadic relations in between a social peer and an object of common interest, in order to share experiences. The presence of joint attention behaviors in babies has been correlated with the subsequent development of language and other symbolic behaviors. Deficit in joint attention behaviors has been considered a reliable marker of Autism Spectrum Disorder. The development of objective assessment measures is fundamental to the identification as early as possible of deficits in behaviors considered crucial to the infant human development. The absence of behavior analytic assessments, especially designed to investigation of joint attention behaviors let to the selection of an assessment instrument of prevocal behaviors, developed by developmental researchers and designed to the identifications of behaviors in babies before one year of age. The purposes of this study are (a) to analyze the contingencies involved in tasks of the assessment manual Early Social Communication Scale, (b) to investigate the development of joint attention behaviors in eight babies, between 9 to 15 months of age and (c) to propose a set of tasks to assess joint attention behaviors. The results of the instrument analysis indicated that tasks designed to the Initiation Joint Attention category presented less explicitly evocative conditions than to the Responding Joint Attention category and some of the behaviors assessed by the Initiation Joint Attention category didn’t accomplish the criterions to that inclusion. The performance of participants in the Responding to Joint Attention category progressively increased during the months assessed. And in the Initiation Joint Attention Category this data was identified only to the pointing behavior. To the others, it was not observed a regular pattern of behavior development, but it’s considered the influences of features related to the behavior classification and to the tasks. A set of tasks proposed considered the assessment of behaviors from the speaker and listener categories, with tasks that establish evocative conditions for all of behaviors in evaluation
Palavras-chave: Atenção compartilhada
Comunicação não-verbal em crianças
Joint attention
Early Social Communication Scale
Non-verbal communication in children
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Dorigon, Lygia T. Aplicação do Early Social Communication Scale (ESCS) em bebês de 9 a 15 meses: um estudo sobre atenção compartilhada. 2017. 183 f. Tese (Doutorado em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20286
Data de defesa: 11-Aug-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lygia T. Dorigon.pdf4,59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.