???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/20098
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSantos, João Almeida-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4742816D2por
dc.contributor.advisor1Amorim, Maria Cristina Sanches-
dc.date.accessioned2017-05-15T16:27:12Z-
dc.date.issued2017-05-04-
dc.identifier.citationSantos, João Almeida. Do Equilíbrio de Nash às estratégias para o conflito entre governo e invasores nas áreas de mananciais da Região Metropolitana de São Paulo. 2016. 162 f. Tese (Doutorado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/20098-
dc.description.resumoA tese sustentada neste trabalho é que o conflito é a principal causa do adiamento (por parte do governo) de ações que poderiam solucionar ou mitigar os problemas relativos à ocupação de regiões de mananciais na Região Metropolitana de São Paulo. O objetivo geral da pesquisa é propor estratégias de enfrentar o conflito para o governo e assim, abrir possibilidades de conter a invasão e remover invasores de áreas de mananciais. Os objetivos específicos são (1) apresentar e analisar as estratégias dos jogadores (governo e invasor) com base na teoria do Equilíbrio de Nash e (2) destacar a importância da teoria dos jogos e em particular do Equilíbrio de Nash como método para elaborar proposta de solução do conflito de acordo com estratégias selecionadas. A metodologia da pesquisa é qualitativa e quantitativa. A pesquisa quantitativa está no levantamento dos dados necessários à utilização da teoria dos jogos (crescimento da mancha urbana, preços dos imóveis, entre outros) e nas simulações numéricas dispostas em matrizes. A qualitativa, no estudo da literatura sobre o problema da ocupação de mananciais que por sua vez, levou ao desenho das estratégias possíveis (para a solução dos problemas). As simulações elaboradas a partir da teoria dos jogos mostraram que a melhor estratégia para a solução do conflito é que o governo remunere o invasor para preservar a região ocupadapor
dc.description.abstractThe thesis is that the conflict is the main cause of the postponement (by the government) of actions that could solve or mitigate the problems related to the occupation of water source regions in the Metropolitan Region of São Paulo. The overall objective of the research is to propose strategies to confront the conflict to the government and thus, open possibilities to contain the invasion and remove invaders from areas of springs. The specific objectives are (1) to present and analyze the strategies of the players (government and invader) based on the theory of Nash equilibrium and (2) to highlight the importance of game theory and in particular, Nash equilibrium as method to elaborate proposal conflict resolution according to selected strategies. The research methodology is qualitative and quantitative. The quantitative research is based on the data required for the use of game theory (urban spot growth, real estate prices, among others) and numerical simulations arranged in matrices. The qualitative, in the study of the literature on the problem of the occupation of springs that in turn, led to the design of possible strategies (for the solution of problems)eng
dc.description.provenanceSubmitted by Filipe dos Santos (fsantos@pucsp.br) on 2017-05-15T16:27:12Z No. of bitstreams: 1 João Almeida Santos.pdf: 3540780 bytes, checksum: d16440e6e503d3d008d412d19bcca289 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-05-15T16:27:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 João Almeida Santos.pdf: 3540780 bytes, checksum: d16440e6e503d3d008d412d19bcca289 (MD5) Previous issue date: 2017-05-04eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/42306/Jo%c3%a3o%20Almeida%20Santos.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariaispor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Administraçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectÁreas de conservação de recursos naturais - São Paulo (cidade)por
dc.subjectPolítica urbana - São Paulo (cidade)por
dc.subjectEquilíbrio de Nashpor
dc.subjectNatural Resource Conservation Areas - São Paulo (city)eng
dc.subjectUrban policy - São Paulo (city)eng
dc.subjectNash Equilibriumeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor
dc.titleDo Equilíbrio de Nash às estratégias para o conflito entre governo e invasores nas áreas de mananciais da Região Metropolitana de São Paulopor
dc.title.alternativeFrom the Nash Equilibrium to the strategies for conflict between government and invaders in the watershed areas of the Metropolitan Region of São Pauloeng
dc.typeTesepor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Almeida Santos.pdf3,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.