???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19957
Tipo do documento: Dissertação
Título: A participação social como diretriz estratégica do SUS: a psicanálise operando em lógicas coletivas na saúde
Autor: Coaracy Neto, Augusto Ribeiro 
Primeiro orientador: Pacheco Filho, Raul Albino
Resumo: Esta pesquisa procura realizar uma interlocução entre psicanálise e Clínica Ampliada. O objetivo dessa interlocução é discutir a participação social enquanto diretriz estratégica do SUS, na perspectiva de uma Democracia Participativa. Para isso, especificam-se as noções de sujeito correlatas à psicanálise e à Clínica Ampliada, o que também delimita seus métodos clínicos. Para realçar as características do sujeito da Clínica Ampliada, estudam-se os trabalhos de Gastão Wagner e Rosana Onocko. Além disso, elabora-se um capítulo histórico, mostrando a luta contra a ditadura militar e o processo de redemocratização do Brasil, com destaque para a obra de Sérgio Arouca. Dessa forma, observamos, nas teorias e apostas que fundam o SUS, uma noção de sujeito que se caracteriza pela autonomia e responsabilidade para participar socialmente. Tais características ligam-se às formas de participação do controle social (Lei 8.142/90) e ao compartilhamento, tomado como um princípio da Clínica Ampliada. Por parte da psicanálise, especifica-se o sujeito do inconsciente a partir da leitura de Freud e Lacan. Assim, o concebemos como além do campo das representações, entre os significantes. Na sequência, vemos como a psicanálise permite uma prática coletiva em saúde orientada pela singularidade do sujeito do inconsciente, o que se destaca em três pontos: o saber fazer com um sintoma, a instauração de transferências e a descentralização das demandas. Cada um desses pontos corresponde a maneiras de sustentação de um modo de participação coletivo que inclua o sujeito do inconsciente, o que implica necessariamente um afastamento de imperativos de participação ou de quaisquer formas de dominação dos sujeitos. Isso ocorre no caso a caso e contingencialmente, suscitando formas de participação em que o sujeito é capaz de trazer nos termos de sua própria narrativa o discurso participativo. Ao final, como efeito de nossa interlocução, vislumbramos a possibilidade de produção coletiva de responsabilidade e de autonomia a partir das singularidades, o que suscita a diferenciação de lógicas de oferta e demanda apoiadas nos princípios massificantes e homogeneizadores do discurso capitalista
Abstract: This research seeks to establish a dialogue between psychoanalysis and the Amplified Clinic. The purpose of this interlocution is to discuss social participation as a strategic guideline of Brazil’s Unified Health System (SUS), from the perspective of a Participatory Democracy. For this, the subject notions related to psychoanalysis and to the Amplified Clinic are specified, which also delimits their clinical methods. To highlight the characteristics of the subject of the Amplified Clinic, the works of Gastão Wagner and Rosana Onocko are studied. In addition, a history chapter is elaborated, showing the struggle against the military dictatorship and Brazil’s redemocratization process, with emphasis on the work of Sérgio Arouca. Thus, we observe in the theories and commitments that create SUS a notion of subject that is characterized by the autonomy and responsibility to participate socially. These characteristics are linked to the forms of participation such as social control (Law 8.142/90) and sharing, taken as a principle of the Amplified Clinic. On the part of psychoanalysis, the subject of the unconscious is specified from the reading of Freud and Lacan. Hence, we conceive it as beyond the representation’s field, between the signifiers. In the sequence, we see how psychoanalysis allows a collective practice in health institutions oriented by the singularities of the subject, which stands out in three points: the savoir y faire with a symptom, the establishment of transference and the decentralization of the demands. Each point corresponds to ways of sustaining a mode of collective participation that includes the subject of the unconscious, which necessarily implies a distance from imperatives of participation or any form of domination of the subjects. This occurs in a case-by-case and contingency manner, provoking forms of participation in which the subject is able to bring the participatory discourse in the terms of his own narrative. In the end, as an effect of our interlocution we see the possibility of the collective production of responsibility and autonomy regarding the singularities of the subjects, which incites the differentiation of the offer and demand logic supported by the massifying and homogenizing principles of the capitalist discourse
Palavras-chave: Psicanálise
Humanização dos serviços de saúde
Controle social
Clínica ampliada
Psychoanalysis
Amplified clinic
Subject
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social
Citação: Coaracy Neto, Augusto Ribeiro. A participação social como diretriz estratégica do SUS: a psicanálise operando em lógicas coletivas na saúde. 2017. 170 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia: Psicologia Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19957
Data de defesa: 31-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Augusto Ribeiro Coaracy Neto.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.