???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19870
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação do conhecimento e atitudes dos profissionais de saúde de um hospital de ensino sobre proteção radiológica
Título(s) alternativo(s): Assessment of knowledge and attitudes of health professionals from a university hospital about radiation protection
Autor: Batista, Vinicius Martins Dias 
Primeiro orientador: Almeida, Fernando Antônio de
Resumo: Introdução: O conceito de radioproteção é habitualmente reconhecido como importante entre os profissionais de saúde de nível técnico e superior, porém, são escassas as informações sobre o conhecimento formal e sua aplicação na prática. Percebendo a defasagem no processo de proteção radiológica nos setores que utilizam radiação ionizante, resolvi pesquisar o conhecimento que os profissionais da saúde têm sobre proteção radiológica e a necessidade de intervenção educativa para que os profissionais trabalhem de forma consciente e com proteção adequada. Objetivos: Avaliar o conhecimento que os profissionais de saúde de um hospital de ensino (HE) têm sobre radioproteção; conscientizar as equipes sobre os efeitos danosos das radiações ionizantes e aplicação do princípio ALARA (As Low As Reasonably Achievable) na rotina de trabalho e implementar o conhecimento sobre radioproteção através do ensino lúdico utilizando material didático e de fácil compreensão. Métodos: Trata-se de um estudo transversal exploratório com análise qualitativa das questões abertas e quantitativa das questões dirigidas. Foi aplicado um questionário semiestruturado a 59 funcionários dos diferentes setores do HE para avaliar o grau de conhecimento existente. A partir dos achados foi elaborada uma cartilha com imagens lúdicas para ser distribuída a todos os funcionários do HE. Na semana interna de prevenção de acidentes de trabalho do HE foi feita pelos funcionários teatralização sobre a radioproteção. Resultados: Na opinião dos participantes o curso técnico ou superior que fizeram não forneceu formação sobre radioproteção ou esta foi insuficiente para a prática. O ambiente de trabalho, mesmo em um HE, disponibiliza poucas informações sobre radioproteção e as normas que a regem. Boa parte dos entrevistados (25%) mesmo tendo conhecimento não observam as medidas de radioproteção. Na aferição do conhecimento formal sobre o conceito e as medidas habituais de radioproteção observamos que 1/3 dos participantes tem bom conhecimento teórico, 1/3 tem conhecimento incompleto e 1/3 desconhece completamente o conceito e as ações de radioproteção. Conclusão: Os funcionários de um HE, mesmo os de nível superior, têm necessidade de capacitação sobre radioproteção, pois o curso de formação falhou neste aspecto. Acreditamos que o mesmo deve acontecer em outras instituições de saúde. As ações objetivando a capacitação em radioproteção foram muito bem aceitas pelos funcionários e sua tradução efetiva em maior proteção individual e coletiva está sendo avaliada
Abstract: Background: The concept of radioprotection is usually recognized as important among the technical level of health professionals and higher. However, the information on the formal knowledge and its application in practice are scarce. Noticing the discrepancy in radiation protection process in sectors using ionizing radiation, decided to search the knowledge that health professionals have on radiation protection and the need for educational intervention for professionals to work consciously and with adequate protection. Objectives: To assess the knowledge that the health professionals of a university hospital (UH) have about radioprotection, educate staff about the harmful effects of ionizing radiation and application of the ALARA (As Low As Reasonably Achievable) principle in routine work and implement the knowledge of radioprotection through playful learning using teaching materials and easy to understand. Methods: This is an exploratory cross-sectional study with a qualitative analysis of the open questions and the quantitative issues addressed by a semi-structured questionnaire was applied to 59 employees from different sectors of UH to assess the degree of knowledge. From the findings it was prepared a booklet with playful images to be distributed to all employees of the UH. In the internal prevention week of work accidents at the UH it was made by the employees a performance about radioprotection. Results: According to the participants with technical or graduated degree, they did not have training on radiation protection as students or it was insufficient to practice. The work environment, even in a UH, provides little information about radiation protection and the rules which govern it. Much of the respondents (25%) even knowing not observe the radiation protection procedures. In the assessment of formal knowledge on the concept and the usual measures of radioprotection we observed that 1/3 of the participants have good theoretical knowledge, 1/3 have incomplete knowledge and 1/3 is completely unaware of the concept and radioprotection actions. Conclusion: The employees of a UH, even at graduated level, need training on radiation protection, because the training course failed in this respect. We believe the same should happen in other health institutions. The actions aimed at training in radiation protection were very well accepted by employees and their effective translation greater individual and collective protection is being evaluated
Palavras-chave: Proteção radiológica
Educação em saúde
Pessoal da área médica - Treinamento
Radiation protection
Health professionals - Training
Protective devices
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Batista, Vinicius Martins Dias. Avaliação do conhecimento e atitudes dos profissionais de saúde de um hospital de ensino sobre proteção radiológica. 2016. 87 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) -Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19870
Data de defesa: 14-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vinicius Martins Dias Batista.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.