???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19868
Tipo do documento: Dissertação
Título: Juventude e mercado de trabalho no Brasil: formação e empregabilidade
Autor: Rodrigues, Thiago Machado 
Primeiro orientador: Nogueira, Arnaldo José França Mazzei
Resumo: Recorrentes crises econômicas impactam a sociedade atual em diversos aspectos. Neste cenário, as nações são altamente afetadas pelo desemprego, que por sua vez é uma das principais características do atual sistema econômico capitalista. Em conjunto, inovações trazidas por novos modelos de produção e gestão, impulsionados pela revolução da microeletrônica e da tecnologia da informação, também influenciam na criação ou redução de postos de trabalho. O desemprego abrange a sociedade como um todo, porém alguns grupos são mais afetados, como a juventude. Os jovens da atualidade buscam a inserção no mercado de trabalho sem experiência e qualificação, justamente em um cenário em que, segundo pesquisas, 50% dos empregadores solicitam experiência na função como pré-requisito de contratação. Utilizando uma abordagem qualitativa, de caráter exploratório, o presente trabalho buscou como objetivo principal identificar os diferentes aspectos que envolvem as particularidades dos jovens brasileiros e os principais fatores que envolvem a inserção destes indivíduos no mercado de trabalho atual. Para isso, foi abordado o desenvolvimento histórico da evolução do trabalho e suas interações com o sistema capitalista, assim como as principais alterações nas relações de trabalho, onde foram discutidas as projeções do trabalho no futuro da sociedade e os impactos causados pelas novas formas produtivas e a tecnologia da informação. Foram abordados temas relacionados com a interação dos jovens com a educação e o mercado de trabalho no Brasil. Discutiu-se o que é hoje a juventude brasileira e a qualidade da educação disposta aos indivíduos deste grupo, assim como a sua abrangência na população jovem do Brasil. Por meio de uma ampla utilização de dados secundários dos principais órgãos de pesquisas sociais nacionais, realizou-se uma análise do emprego e do mercado de trabalho brasileiro, evidenciando os aspectos influenciadores do desemprego jovem, onde se conclui que o jovem brasileiro não se insere no mercado de trabalho principalmente por falta de experiência, qualificação e ausência de postos de trabalho
Abstract: Nowadays, society has been suffering from recurring economic crises in many ways. In this scenario, countries are greatly affected by unemployment which, in turn, is one of the main features of the current capitalist economic system. Furthermore, innovations brought by new production and management models driven by the microelectronics and information technology revolution also foster the creation or reduction of jobs. Unemployment hits society as a whole, but the youth of today is one of its levels which are most affected. Currently, young people seek their insertion into the labor market without any experience and qualification in a scenario in which, according to data from surveys, 50% of employers require hands-on experience as a prerequisite for employment. Through a qualitative and exploratory approach, the present study aimed to identify different aspects involving young Brazilians’ particularities and the main factors involving their insertion into the current labor market. For such a purpose, the historical development of labor evolution and its interactions with the capitalist system have been addressed, as well as the major changes in employment relationships, through which labor projections as to the future of society and the impacts caused by new forms of production and information technology were discussed. Issues concerning the interaction of young people with education and the labor market in Brazil were also addressed. The present Brazilian youth population and quality of education provided to such individuals, as well as its scope, were also discussed. Through an extensive use of secondary data from main national social survey agencies, an analysis of the labor market in Brazil has been conducted by highlighting aspects that lead to youth unemployment. In conclusion, young Brazilians are not inserted in the labor market mainly on account of lack of experience, qualification and jobs
Palavras-chave: Desemprego
Juventude - Emprego - Brasil
Mercado de trabalho
Unemployment
Youth - Employment
Labor market
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Rodrigues, Thiago Machado. Juventude e mercado de trabalho no Brasil: formação e empregabilidade. 2017. 86 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19868
Data de defesa: 15-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Thiago Machado Rodrigues.pdf1,31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.