???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19771
Tipo do documento: Dissertação
Título: Formação crítica de professores: o registro de uma experiência
Autor: Cardoso, Karina Cristina de Azevedo 
Primeiro orientador: Liberali, Fernanda Coelho
Resumo: A presente pesquisa tem como objetivo analisar criticamente as atividades de formação contínua preparadas para o curso “Gestão de Sala de Aula: um desafio real e possível!”, aplicado para professores e professores coordenadores pedagógicos da Região de Mogi das Cruzes em 2013. O estudo está embasado na perspectiva crítica, colaborativa e criativa que, em linhas gerais, preconiza a desconstrução do discurso do senso comum, abrindo espaço para uma consciência reflexiva, o que requer responsabilidade compartilhada, comprometimento, aprimoramento do grupo, de modo que os profissionais envolvidos discutam e procurem soluções para as demandas do dia a dia escolar (LIBERALI; FUGA, 2014). Além disso, esta discussão é enriquecida com o diálogo teórico entre vários pesquisadores (IMBERNÓN, 2000; LIBERALI, 2008; MARCELO, 2008; NÓVOA, 2009; PLACCO; SOUZA, 2006), os quais comungam que a reflexão sobre prática educativa é lócus da formação em serviço. Para esses pesquisadores, a relação de parceria entre o professor coordenador e professores, incide positivamente na prática em sala de aula. A Pesquisa Crítica de Colaboração (PCCol) (MAGALHÃES, 2004) fundamenta metodologicamente este trabalho, ao propor um espaço para a reflexão crítica com vistas na transformação a partir da prática colaborativa entre os participantes.Para alcançar o objetivo deste trabalho, três atividades são analisadas, tendo em vista o grau de complexidade. Para tal, consideram-se as etapas da reflexão crítica – Descrever, Informar, Confrontar e Reconstruir (SYMITH, 1992) –, como categorias de análise, além do aporte teórico como parâmetro norteador para sua interpretação. A discussão analítica possibilita que as atividades possam ser ressignificadas dentro de uma perspectiva mais colaborativa e participativa, o que faz do curso “Gestão de Sala de Aula: um desafio real e possível!” uma ação formativa que pode ser compartilhada com outros formadores de professores. Os resultados da pesquisa parecem indicar um viés crítico, colaborativo e criativo na elaboração de atividades formativas, em que o contexto precisa ser considerado e o diálogo entre teoria e prática efetivamente colocado em prática na ressignificação das atividades
Abstract: The present research aims to critically analyze the continuous teacher education activities prepared for the course "Classroom Management: a real and possible challenge!", applied to teachers and pedagogical coordinators from Mogi das Cruzes in 2013. The study is based on a critical, collaborative and creative perspective that, in general terms, profess the deconstruction of common sense discourse, opening space for a reflexive conscience, which requires the participants shared responsibility, commitment and improvement, so that the professionals involved discuss and look for solutions to the daily school demands (LIBERALI; FUGA, 2014). In addition, this discussion is enriched by the theoretical dialogue among several researchers (IMBERNÓN, 2000; LIBERALI, 2008; MARCELO, 2008; NÓVOA, 2009; PLACCO; SOUZA, 2006), who share that reflection on educational practice teacher education. For these researchers, the partnership relation between the coordinating teacher and teachers, influences the practice in the classroom. The critical research of collaboration (PCCol) (MAGALHÃES, 2004) grounds methodologically this paper, when proposing a space for critical reflection toward the transformation from the collaborative practice among participants. To reach the objective of this paper, three activities are analyzed, considering its degree of complexity. For this, the critical reflection stages - Describing, Informing, Confronting and Reconstructing (SYMITH, 1992) - are considered categories of analysis, besides the theoretical frame as a guiding parameter for its interpretation. The analytical discussion allows the activities redefinition with a more collaborative and participatory perspective, which makes the course "Classroom Management: a real and possible challenge!" a formative action that can be shared with other teachers who work with teacher education. The results seem to indicate a critical, collaborative and creative bias in the elaboration of formative activities, in which the context needs to be considered and the dialogue between theory and practice effectively put into practice in the re-signification of activities
Palavras-chave: Proposta formativa
Professores - Formação profissional
Formação contínua
Prática de ensino
Critical teacher training
Continued education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Educação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores
Citação: Cardoso, Karina Cristina de Azevedo. Formação crítica de professores: o registro de uma experiência. 2016. 113 f. Dissertação (Mestrado em Educação: Formação de Formadores) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19771
Data de defesa: 21-Feb-2017
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Formação de Formadores

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Karina Cristina de Azevedo Cardoso.pdf1,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.