???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19601
Tipo do documento: Dissertação
Título: Reabilitação de pessoas com doenças neurológicas sob a perspectiva da Análise do Comportamento: revisão de estudos de 2011 a 2015
Título(s) alternativo(s): Rehabilitation of people with neurological diseases from the perspective of behavior analysis: review of studies from 2011 to 2015
Autor: Boldrini, Carla Regina 
Primeiro orientador: Gioia, Paula Suzana
Resumo: As patologias neurológicas podem deixar sequelas que impossibilitam a pessoa acometida de ter independência nas suas atividades cotidianas, porém um trabalho de reabilitação pode proporcionar uma recuperação parcial ou total de habilidades perdidas. A Análise do Comportamento apresenta fundamentação útil para a aplicação de procedimentos em um programa de reabilitação de pacientes neurológicos e tem oferecido subsídios para intervenções eficazes. A presente revisão pretendeu continuar e ampliar outras revisões sobre reabilitação neurológica, utilizando a análise de estudos de 2011 a 2015, com delineamento de sujeito único e com procedimentos embasados na Análise do Comportamento. A investigação foi realizada nos bancos de dados: PsycINFO, PePSIC, Medline, Lilacs, Science Direct, Wiley Online Library e SciELO Brasil. Foram encontrados vinte artigos, e definidas 18 variáveis para análise. O índice de fidedignidade foi de 91%. Os resultados indicaram que houve um predomínio de participantes idosos com diagnóstico de demência e com sequelas referentes a dificuldades cognitivas e de realização de atividades de vida diária. O delineamento mais utilizado foi de reversão e de linha de base múltipla entre participantes. Poucos artigos realizaram uma análise funcional do comportamento. Entre os procedimentos que manipularam os estímulos antecedentes e as consequências, destacaram-se: Prompting, Bloqueio e Redirecionamento de Resposta, Roteiro Verbal, Fading. Alguns estudos manipularam apenas a consequência reforçadora. Grande parte dos procedimentos foi classificada como uma prática baseada em evidência de nível moderado. A maioria dos autores relatou eficácia dos procedimentos aplicados, embora poucos tenham demonstrado preocupação com as implicações da intervenção na vida diária dos pacientes, deixando de realizar medidas de manutenção e de validade social e de planejar a generalização. Com os resultados desta revisão ficou evidente a necessidade de realizar estudos futuros que se aprofundem sobre o impacto social das intervenções de reabilitação
Abstract: Neurological disorders can let sequelae that make affected person to be unable to have independence in their daily activities, but rehabilitation can provide a partial or total recovery of lost skills. The Behavior Analysis provides useful basis for the application of procedures in a program of rehabilitation of neurological patients and has offered grants to effective interventions. This review intended to continue and expand other reviews about neurological rehabilitation, using the analysis of studies from 2011 to 2015, with single-subject design and procedures based on Behavior Analysis. This research was conducted in the databases: PsycINFO, PePSIC, Medline, LILACS, Science Direct, Wiley Online Library and SciELO BRAZIL. 20 articles were found and were defined 18 variables for analysis. The reliability index was 91%. The results indicated that there was a predominance of elderly participants diagnosed with dementia and sequelae related to cognitive difficulties and performing daily living activities. The most widely used design was a reversal and multiple baseline among participants. Few studies conducted functional analysis of behavior. Among the procedures that manipulated the background stimuli and consequences, are included: prompting, blocking and response redirection, verbal script, fading. Some studies manipulated only reinforcing consequence. Many of the procedures were classified as practice based on evidence of moderate level. Most authors reported effectiveness of the procedures applied, although few have been concerned with the implications of intervention in the daily lives of patients, failing to perform maintenance measures and social validity and to plan generalization. With the results of this review it was evident the need for future studies to deepen on the social impact of rehabilitation interventions
Palavras-chave: Reabilitação
Doença neurológica
Análise do compotamento
Neurorehabilitation
Rehabilitation
Brain injury
Behavior analysis
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Boldrini, Carla Regina. Reabilitação de pessoas com doenças neurológicas sob a perspectiva da análise do comportamento: revisão de estudos de 2011 a 2015. 2016. 111 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19601
Data de defesa: 7-Dec-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carla Regina Boldrini.pdf1,29 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.