???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19600
Tipo do documento: Dissertação
Título: Melancolia, capitalismo e laço social: uma leitura de Edvard Munch
Autor: Ferreira, Mariana Rodrigues Festucci 
Primeiro orientador: Pacheco Filho, Raul Albino
Resumo: Esta dissertação se propõe a pensar a condição do melancólico a partir dos aspectos que delimitam seu modo de se estruturar psiquicamente e se situar nos laços e discursos, especialmente no discurso capitalista, que aparelha o gozo na sociedade contemporânea. Para tanto, realiza uma pesquisa qualitativa de interlocução entre a Psicanálise e Arte, que se desdobra em cinco momentos: 1. Um percurso histórico das teorizações sobre a melancolia da Antiguidade à Modernidade 2. A melancolia em Freud, desde as suas primeiras aproximações do tema nas cartas e rascunhos que dirige ao então amigo Fliess até a formalização conceitual empreendida no ensaio Luto e Melancolia, não sem deixar de lado as considerações complementares realizadas em textos posteriores. 3. A melancolia a partir das considerações teóricas desenvolvidas por Jacques Lacan no que tange a constituição do sujeito desde o estádio do espelho até a formalização do objeto a, passando pela releitura de Lacan do ensaio de Freud nos diferentes momentos de seu ensino, a sua articulação da melancolia à dor de existir a partir do budismo e culminando na reunião de elementos que permitem situar a melancolia enquanto tipo clínico da psicose. 4. A articulação entre melancolia, capitalismo e laço social através da crítica do sistema econômico capitalista operada por Benjamin, a teorização do discurso capitalista como um desdobramento do discurso do mestre proposto por Lacan, os teóricos que pensam as implicações deste discurso para a subjetividade do sujeito na contemporaneidade sem abrir mão dos fatores que contam como a estruturação psíquica, incluindo Sidi Askofaré, Pacheco Filho e Vladimir Safatle, e as articulações possíveis de serem realizadas entre o discurso capitalista e o fora-do-discurso da psicose. 5. A leitura da expressão melancólica, tanto no que tange as implicações psíquicas quanto sociais, na obra do pintor Munch, visando toma-la como índice na sociedade contemporânea. “Nunca as pessoas vão entender que as minhas pinturas foram criadas a partir da seriedade e do sofrimento” (Munch apud Tojner, 2004). Conclui-se que tal seriedade e sofrimento, entretanto, serviram de estofo para que ele fosse além com a sua Arte, marcando como esta via pode atuar tanto em favor das implicações estruturais do melancólico no laço quanto das dificuldades acentuadas pelo discurso capitalista. A este discurso a Arte, com o seu potencial inventivo, faz furo, apontando uma alternativa
Abstract: This dissertation proposes to think the condition of melancholy from aspects that define your way of structuring psychically and is located in the bonds and speeches, especially in speech capitalist, who prepare the enjoyment in contemporary society. For both, performs a qualitative research of interlocution between psychoanalysis and art, which unfolds in five stages:1. A history of the theorized about the melancholy of antiquity to modernity. 2. The melancholy in Freud, since their first approximations of the theme in the letters and drafts, who directs the then friend Fliess until the formalization conceptually undertaken in test Mourning and melancholy, not if I leave aside the additional considerations made in subsequent texts. 3. The Melancholy from theoretical considerations developed by Jacques Lacan regarding the constitution of the subject since the stadium of the mirror until the formalization of object a, passing by re-reading of Lacan testing of Freud in different moments of his teaching, his articulation of melancholy to pain to exist from Buddhism and culminating in the meeting of elements that allow to situate melancholy while clinical type of psychosis. 4. The relationship between melancholy, capitalism and social bond through the critique of the capitalist economic system operated by Benjamin, the theorizing of capitalist discourse as an offshoot of the discourse of the master proposed by Lacan, theorists who think the implications of this speech to the subjectivity of the subject in contemporary times without giving up the factors that count as the psychic structure, including Sidi Askofaré , Pacheco Filho and Vladimir Safatle, and joints to be made between the capitalist discourse and the outside-the-discourse of psychosis. 5. The reading of the melancholic expression, both regarding the psychic implications as social, in the work of painter Munch, aiming to take it as index of contemporary society. "Never will people understand that my paintings were created from seriousness and suffering" (Munch apud Tojner, 2004). It is concluded that such seriousness and suffering, however, served as an upholstery for him to go beyond his Art, marking how this way can act both in favor of the structural implications of the melancholic in the loop and the difficulties accentuated by the capitalist discourse. To this discourse Art, with its inventive potential, makes a hole, pointing out an alternative
Palavras-chave: Melancolia
Psicanálise
Capitalismo
Melancholy
Psychoanalysis
Capitalism
Munch, Edvard (1863-1944)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social
Citação: Ferreira, Mariana Rodrigues Festucci. Melancolia, capitalismo e laço social: uma leitura de Edvard Munch. 2016. 194 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia: Psicologia Social) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19600
Data de defesa: 12-Dec-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mariana Rodrigues Festucci Ferreira.pdf3,02 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.