???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19370
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os estudos sobre a etiologia do câncer na virada do século XX e o médico brasileiro Alfredo Leal Pimenta Bueno
Autor: Andrade, Rodrigo de Oliveira 
Primeiro orientador: Goldfarb, Ana Maria Alfonso
Resumo: O século XIX constitui um período de forte incidência de pesquisas no campo da biologia celular. Com o advento de novas técnicas de microscopia, o estudo detalhado do comportamento das células possibilitou um melhor entendimento das condições que favorecem ou determinam o surgimento dos tumores. A partir de então, diversos cientistas propuseram caminhos conceituais, médicos ou institucionais de pesquisa e tratamento para a enfermidade. O objetivo deste trabalho é analisar o panorama de estudos e teorias sobre a etiologia do câncer em fins do século XIX e início do século XX. Pretendemos compreender como os conceitos relacionados aos mecanismos da doença foram construídos e reinterpretados ao longo daquelas décadas e como esse conhecimento chegou ao Brasil. Para isso, usaremos como estudo de caso os trabalhos do médico mineiro Alfredo Leal Pimenta Bueno, que apresentou suas ideias sobre os fenômenos bioquímicos que desencadeariam o câncer em uma série de artigos na revista O Brasil Médico entre 1926 e 1928. Nesta dissertação, mostramos que o câncer se transformou durante o século XIX em uma entidade cada vez mais discutida e estudada na Europa, e que sua construção como problema médico no Brasil nas primeiras décadas do século XX se deu em meio a um cenário em que a preocupação maior ainda se centrava em doenças de maior impacto social, como a tuberculose. Ao mesmo tempo, verificamos que Pimenta Bueno foi um dos poucos cientistas brasileiros a investigar a etiologia do câncer, construindo seu discurso a partir dos escritos de diversos cientistas, recorrendo a esses autores sempre que preciso a fim de justificar seus pontos de vista. Pimenta Bueno conclui que o câncer teria as mais variadas causas, todas idênticas pelo só fato de que agiam produzindo uma irritação, de que resultaria uma super hidratação celular, sua volta ao estágio embrionário, e, finalmente, o reestabelecimento de sua capacidade de proliferação
Abstract: The 19th century constitutes a period of strong incidence of researches on cell biology. With the advent of new microscopy techniques, a more comprehensive study of cells behaviour has allowed a better understanding of the conditions that could favour or even determine the appearance of tumours. From then on, several scientists have proposed conceptual, medical and institutional pathways of research and treatment against the disease. The aim of this work is to analyse the panorama of studies and theories on cancer etiology proposed between the latest decades of 19th century and the first two decades of 20th century. We intend to understand how the concepts related to cancer mechanisms have been built and reinterpreted over those decades, and how has this knowledge arrived in Brazil. In this regard, Brazilian doctor Alfredo Leal Pimenta Bueno’s work is going to be used as a case study. Pimenta Bueno presented his ideas on the biochemical phenomena that could trigger cancer in a series of scientific articles published in the Brazilian scientific journal O Brasil Médico between 1926 and 1928. In this dissertation, we show that cancer has transformed into an entity that was more and more discussed and studied in the Europe over the 19th century, and that its construction as a medical problem in Brazil during the first two decades of the 20th century occurred in a scenario in which the attention was still focused on diseases with a greater social impact, such as tuberculosis. At the same time, we have verified that Pimenta Bueno was one of the few Brazilian scientists who investigated cancer etiology, constructing his theory based on the writings of several scientists, appealing to them whenever necessary in order to justify his points of view. In his articles, Pimenta Bueno concludes that cancer could be caused by different agents — all of them would act in the way of causing an irritation, resulting in an over hydration inside cells, which would return to their embryonic stage and, finally, reacquire their proliferation capacity
Palavras-chave: Etiologia do câncer
História da Medicina
Bueno, Alfredo Leal Pimenta
History of Science
History of Medicine
Cancer etiology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DAS CIENCIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência
Citação: Andrade, Rodrigo de Oliveira. Os estudos sobre a etiologia do câncer na virada do século XX e o médico brasileiro Alfredo Leal Pimenta Bueno. 2016. 96 f. Dissertação (Mestrado em História da Ciência) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19370
Data de defesa: 16-Aug-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo de Oliveira Andrade.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.