???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19316
Tipo do documento: Dissertação
Título: Carreira na percepção da mulher negra
Autor: Rocha, Iara Vieira 
Primeiro orientador: Trevisan, Leonardo Nelmi
Resumo: Esta pesquisa sobre a carreira na percepção da mulher negra está inserida na linha de Pesquisa de Organizações e Sociedade, do Programa de Administração, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, tendo por objetivo analisar a percepção da mulher negra sobre a própria carreira, buscando identificar a noção de processo de desenvolvimento profissional, as pretensões de redirecionamento da carreira, os possíveis obstáculos relacionados aos elementos gênero e raça durante o desenvolvimento profissional, além de identificar as âncoras de carreira associando-as com as atribuições atuais e as expectativas de carreira mapeadas. A escolha pelo estudo acerca do tema ocorreu pelo fato de a pesquisadora se identificar com essas mulheres em vários contextos, além de perceber que há poucas pesquisas sobre o assunto. Outra iniciativa que motivou a realização dessa pesquisa ocorreu da percepção das dificuldades enfrentadas por essas mulheres para planejarem suas carreiras que acabam limitando suas atuações profissionais e expondo-as às condições desiguais de acesso, restringindo suas oportunidades. Para o delineamento da fundamentação teórica sobre carreira, utilizou-se das concepções de autores como Dutra e Veloso (2010), Martins (2011), Ibarra (2009), Briscoe e Hall (2006), Schein (1996) entre outros. Na abordagem sobre a história da mulher negra, consideraram-se os estudos de Carneiro (2003), Safiotti (2004), Munanga (2006), Oracy Nogueira (2006), entre outros renomados autores que discorrem sobre gênero e raça, além de indicadores sociais que esclarecem sobre o contexto de desigualdade em que estão inseridas as mulheres negras. O presente trabalho, de natureza qualitativa, valeu-se da pesquisa de campo com a aplicação de entrevista semiestrutura e do inventário de âncoras de carreira com dez entrevistadas, sendo os dados coletados e tratados por meio de estatística descritiva e da análise de conteúdo proposta por Bardin (2011). Os resultados obtidos não apenas ratificam as desigualdades que afligem essas mulheres, mas também permitem ampliar o conhecimento sobre as condições de vida, dinâmica profissional e as dificuldades para adentrar e prosperar no mercado de trabalho, evidenciando-se sobre a importância de se pensar em medidas de intervenção voltadas para a redução das desigualdades que atendam aspectos específicos das mulheres negras
Abstract: This research on the career in the perception of the black woman is inserted in the research line of organizations and society of the Pontifical Catholic University of São Paulo’s Administration Program, having as an objective to analyze the perception of black woman on her own career, seeking to identify the concept of professional development, career redirection pretensions, the possible obstacles related to gender and race elements during the professional development. In addition, identifying the career anchors associating them with current assignments and mapped career expectations. The choice for the study on this subject took place based on the fact that the researcher identify herself with these women in various contexts, also because of realizing that there is little research on this subject. Another initiative that motivates to carry out this research took place from the perception of the difficulties faced by these women to plan their careers that end up limiting their professional performances and exposing them to the unequal conditions of access, restricting their opportunities. To outline the theoretical foundation on career, it was used the concepts of authors such as Dutra and Veloso (2010), Martins (2011), Ibarra (2009), Briscoe and Hall (2006), Schein (1996) among others. On approach to the story of a black woman, considered themselves the sheep studies Carneiro (2003), Safiotti (2004), Munanga (2006), Oracy Nogueira (2006), among other renowned authors who talk about gender and race, as well as social indicators that clarify the context of inequality in which are included the black women. The present study of a qualitative nature, made a research field with the application of a semi-structured interview and with an inventory of career anchors through the interview of ten women and the data were gathered and processed by means of descriptive statistics and content analysis proposed by Bardin (2011). The results not only confirm the inequalities that plague these women, but also allow you to extend the knowledge about the conditions of life, professional dynamics and difficulties to enter and thrive in the labor market, highlighting the importance of thinking about intervention measures aimed at the reduction of the inequalities which can meet specific aspects of black women
Palavras-chave: Mulheres negras
Carreira
Inclinações profissionais
Black women
Career
Professional inclinations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Rocha, Iara Vieira. Carreira na percepção da mulher negra. 2016. 124 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19316
Data de defesa: 21-Sep-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Iara Vieira Rocha.pdf1,8 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.