???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19294
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vida é milonga: troca e dádiva no ritual-tango
Autor: Silva, Cristiana Felippe e 
Primeiro orientador: Gouveia, Eliane Hojaij
Resumo: A presente pesquisa etnográfica analisa o baile de tango como ritual urbano de troca e liminaridade, a partir da antropologia urbana e do corpo, atravessada por uma perspectiva de gênero. O objetivo é resgatar as mulheres milongueiras e outros narradores ocultos da história oficial, em uma reflexão sobre como a dança ressignifica papéis atribuídos nas representações de gênero, étnicas e intergeracionais. A pesquisa bibliográfica documental e de campo com participação observante parte de bailes de tango de São Paulo e passa pelos circuitos e trajetos dos tangueiros nas cidades originárias desse ritmo na região rioplatense de Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai). O estudo investiga por meio de entrevistas formais e conversas casuais a corporeidade do baile, com seus códigos e gestual específicos, como organizadores sociais e suas relações de domínio e poder. Por meio de elementos marcantes do tango, como a mirada, o caminhar e o abraço, o baile é analisado como busca de experiência de reciprocidade, sentido e sociabilidade, cujos agentes são protagonistas de trocas e encontros, capazes de transformar os usos da cidade, recriar os espaços urbanos e a si mesmos
Abstract: This ethnographic research analyzes the tango party as an urban ritual of exchange and liminality, taking into account urban and body anthropology transversed by a gender perspective. The goal is to recover the milongueras and other hidden narrators from the official history, by reflecting on how the dance reframes roles assigned for the representation of gender, ethnicity, and intergenerationality. The documentary, bibliographic and field research with observant participation starts from tango parties in São Paulo and extends to the circuits and paths of tango dancers along the River Plate region of Buenos Aires (Argentina) and Montevideo (Uruguay), where this rhythm originated. The study investigates in formal interviews and casual conversations into the embodiment of this ballroom dance party with their specific codes and gestures, as social organizers and their relations of dominion and power. Through striking elements of tango, as the glance, the walking and the embrace, that ballroom dance party is analyzed as the search for experience of reciprocity, meaning and sociability, whose agents are protagonists of exchanges and encounters, capable of transforming the city uses; thus, recreating the urban spaces and themselves
Palavras-chave: Tango (Dança)
Ritual urbano
Corpo
Tango
Urban ritual
Body
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Silva, Cristiana Felippe e. Vida é milonga: troca e dádiva no ritual-tango. 2016. 181 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19294
Data de defesa: 26-Aug-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cristiana Felippe e Silva.pdf4,05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.