???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19011
Tipo do documento: Tese
Título: As Contradições do Conceito “cliente é o rei”: da construção social do termo até as práticas organizacionais o caso da Revista HSM Management
Autor: Camargo, Maurício Roberto Ortiz de 
Primeiro orientador: Dowbor, Ladislau
Resumo: O objeto de estudo dessa tese de doutorado é o conceito metafórico “cliente é o rei”, por meio do qual buscou-se analisar a influência do pensamento do gerencialismo popular, ou pop-management, na construção social do consumidor. Parte-se do pressuposto, sustentado pela fundamentação teórica da pesquisa, de que o conceito referido está presente nos discursos circulantes das organizações e que seus aspectos relacionados às práticas organizacionais e discursivas precisam ser melhores compreendidos em suas limitações e contradições. O pesquisador, portanto, identificou, como fonte de dados, as construções enunciadas na Revista HSM Management, em virtude do foco editorial da revista ser de conteúdo exclusivamente voltado para gestão e negócios. A orientação teórica deste trabalho é largamente influenciada pela perspectiva da Administração e do Discurso Organizacional. Os métodos de pesquisa compreendem coleta de dados do tipo documentos públicos seriados e a análise e interpretação de dados por meio de Análise do Discurso, com o olhar na produção de sentido no cotidiano. Os resultados encontrados permitem inferir que o conceito “cliente é o rei” permeia os discursos na Revista HSM Management, aflorando características do consumidor soberano como: autonomia, racionalidade e poder nas relações de consumo. Entretanto, em maior ou menor grau, pode-se observar que há outras representações sociais que pairam sobre o cliente e o consumidor, as quais contradizem os pilares citados como suporte a imagem de soberano do consumidor
Abstract: The object of study of this thesis is the metaphoric concept “the costumer is king”, which aims to analyze the influence of the popular management, or the pop-management, on the social construction of the costumer. Sustained by this theoretical framework, this thesis assumes that the referred concept is current in the organization´s circulating speeches and the aspects related to the organizational practices and discourses need to be better understood in its limitations and contradictions. The researcher, therefore, identified as its data source the announced constructions in the HSM Management Magazine, due its editorial focus in producing exclusively contents to business management. The theoretical framework of this study is broadly influenced by the Business Administration perspective and Organization Discourse. The methodology of this research, first, comprehends data collection from public documents and, second, the analysis and the interpretation of the data based on the principles of Discourse Analysis approach, with the view in the everyday meaning production. The finding results allow inferring that the concept of “the costumer is king” is embedded in the speeches of HSM Management magazine, as it emerges sovereign costumer characteristics as: autonomy, rationality and power in the consumption relationships. However, to a lesser or greater extent, it is possible to observe that there are additional social representations that hang over the costumer and the consumer, which contradict the cited pillars that supports the image of the sovereign costumer
Palavras-chave: Cliente
SAC
Soberania
Customer
Revista HSM Management
Sovereign
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Camargo, Maurício Roberto Ortiz de. As contradições do conceito “cliente é o rei”: da construção social do termo até as práticas organizacionais o caso da Revista HSM Management. 2016. 131 f. Tese (Doutorado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/19011
Data de defesa: 20-Apr-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maurício Roberto Ortiz de Camargo.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.