???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18934
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os olhos ubíquos do espelho: um estudo das percepções de civilidade na obra “A Civilidade Pueril” (1530), de Erasmo de Rotterdam
Autor: Ana Luisa Pisani 
Primeiro orientador: Fraga, Estefânia Knotz Canguçú
Resumo: A presente Dissertação é um estudo do discurso civilizatório da obra “De civilitate morum puerilium” (1530), de Erasmo de Rotterdam (1466-1536), e suas implicações históricas no contexto de elaboração e difusão deste manual. Através da inserção de novas temáticas no campo da história, esta pesquisa realiza reflexões quanto ao aspecto social, religioso e político dos costumes sugeridos por Erasmo. Dessa forma, analisa-se o processo constante da reelaboração dos códigos corporais e da respectiva construção simbólica dos significados no século XVI. A partir destes pontos, é discutido de que modo as novas formas de conhecimento, dentro da perspectiva humanista cristã, além da própria comunicação, impactam na vida social difundindo e reforçando uma verdadeira contenção dos corpos, a partir de uma vigilância que se impõe cada vez mais presente e constante pelos "olhos ubíquos". Esses "olhos" promovem novas sensibilidades, tais como o embaraço, a vergonha, o orgulho e a própria distinção, fruto do paradigma quanto à aparência ideal e, portanto, almejada
Abstract: The present Dissertation presents a study of the civility discourse in “De civilitate morum puerilium” (1530), Erasmus of Rotterdam (1466-1536), and its implications in the compiling context and diffusion of this manual. By the addition of new themes in the history field, this works performs reflections regarding the social, religious and politic aspects of the manners suggested by Erasmus. In this way, it is analysed the continuous process of recriation of body signs and their respective symbolic construction of meanings in the 16th century. By these aspects, it is discussed how the new ways of knowledge, under the Christian and humanistic points of view, besides its own communication, impact the social life spreading and reinforce a real control of the bodies, from a vigilance which imposes itself more and more present and constant by the “ubiquitous eyes”. These “eyes” promote new sensitiveness, such as embarrassment, shame, pride and the own distinction, as a consequence of the paradigm about the ideal appearance and, therefore, desired
Palavras-chave: Civilidade
Erasmo
Cortesia
Civility
Erasmus, Desiderius
Courtesy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Ana Luisa Pisani. Os olhos ubíquos do espelho: um estudo das percepções de civilidade na obra “A Civilidade Pueril” (1530), de Erasmo de Rotterdam. 2016. 136 f. Dissertação (Mestrado em História) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18934
Data de defesa: 1-Apr-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política Sociedade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Luisa Pisani.pdf1,07 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.