???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18907
Tipo do documento: Dissertação
Título: A constituição do ethos feminino da personagem Maria Moura, de Rachel de Queiroz
Autor: Novais, Caroline Batista Fantini de 
Primeiro orientador: Ferreira, Luiz Antonio
Resumo: Esta dissertação insere-se na linha de pesquisa “Texto e discurso nas modalidades oral e escrita”, do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. O tema escolhido é “A constituição do ethos feminino da personagem Maria Moura, de Rachel de Queiroz” nasceu de um olhar baseado na construção discursiva pelo senso comum. Neste trabalho, analisamos uma obra da literatura brasileira que representa valores sociais instituídos em um momento histórico, o século XIX. É no discurso feminino que artifícios retóricos dão vida a novas formas de pensar e compreender a realidade. A obra Memorial de Maria Moura, publicada em 1992, tem um discurso passível para a análise da situação das mulheres, baseada na carga retórica da protagonista Maria Moura. Nessa perspectiva, a análise realizada baseia-se nos argumentos de uma personagem-narradora e do sexo feminino, dona de um ethos fictício criado pela escritora Rachel de Queiroz. A narrativa revela ao leitor o discurso dominante institucionalizado que ditava a condição feminina de ser e estar no mundo. Maria Moura, por meio da Retórica, torna o seu discurso eficaz ao movimentar as paixões, o que traz veracidade à narrativa. Por ser um texto literário, o movimento das paixões permite ao auditório a condução de uma ou mais interpretações a respeito da condição da mulher. A base teórica baseia-se nos estudos de Reboul (1998), Aristóteles (2001), Meyer (2007), Perelman e Olbrechts-Tyteca (2005) e Ferreira (2010). Para a abordagem histórica, foi traçado um panorama geral sobre a família e a mulher, por meio dos pesquisadores Bauer (2001), Del Priore (2000), Quintas (2005) e Rocha-Coutinho (1994). Para comprovar a eficácia do discurso da personagem-narradora Maria Moura, utilizamos recursos de análise retórica. Os resultados obtidos na obra permitiram a conclusão de que a história feminina, marcada pela “anulação do ser”, começa a ceder espaço para uma construção discursiva pautada em mudanças sociais gradativas no comportamento feminino
Abstract: This dissertation is included on the research line "Text and speech in oral and written", the Program of Post graduate Studies in Portuguese Language at the Pontific Catholic University of Sao Paulo. The theme is "The constitution of the feminine ethos of the character Maria Moura, of Rachel de Queiroz" was born a look based on the discursive construction by common sense. In this paper, we analyze a work of brazilian literature representing social values set in a historical moment, the nineteenth century. Is the feminine discourse rhetorical devices that give life to new ways of thinking and understanding reality. The work Memorial of Maria Moura, published in 1992, has a speech likely to analyze the situation of women, based on the rhetoric load protagonist Maria Moura. From this perspective, the analysis is based on the arguments of a character-narrator and female, owner of a fictional ethos created by writer Rachel de Queiroz. The narrative reveals to the reader the dominant institutionalized discourse that dictated the female condition of being in the world. Maria Moura, through rhetoric, makes its effective speech to move the passions that brings truth to the narrative. For being a literary text, the movement of the passions allows to the audience to conduction one or more interpretations regarding the condition of women. The theoretical basis is based on studies of Reboul (1998), Aristotle (2001), Meyer (2007), Perelman and Olbrechts-Tyteca (2005) and Ferreira (2010). For the historical approach, it was traced an overview of the family and the woman, through the searchers Bauer (2001), Del Priore (2000), Quintas (2005) and Rocha-Coutinho (1994). To prove the effectiveness of the speech of the characternarrator Maria Moura, we use rhetorical analysis capabilities. The results obtained in the work allowed the conclusion that women's history, marked by the "cancellation of being" begins to give way to a discursive construction guided by gradual social changes in female behavior
Palavras-chave: Retórica
Discurso
Mulher
Rhetoric
Speech
Woman
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Novais, Caroline Batista Fantini de. A constituição do ethos feminino da personagem Maria Moura, de Rachel de Queiroz. 2016. 81 f. Dissertação (Mestrado em Língua Portuguesa) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18907
Data de defesa: 23-Mar-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caroline Batista Fantini de Novais.pdf559,37 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.