???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18887
Tipo do documento: Dissertação
Título: Representações sociais de homens sobre o exame preventivo do câncer de próstata
Título(s) alternativo(s): Social representation of men regarding prostate cancer preventive examination
Autor: Olivieri, Marcela 
Primeiro orientador: Duarte, Lúcia Rondelo
Resumo: O câncer de próstata é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e o segundo mais prevalente no Brasil. Por isso a detecção precoce dos estágios iniciais pode reduzir taxas de morbidade e mortalidade. As concepções de gênero representam uma importante contribuição ao entendimento das barreiras culturais dos homens para a realização do exame preventivo, sobretudo o toque retal. Portanto desvelar o que os homens pensam e sentem sobre o exame preventivo do câncer de próstata poderá subsidiar novas abordagens educativas com vistas à adesão aos exames preventivos. O estudo teve como objetivo investigar, em homens que procuram o Ônibus do Homem, suas representações sociais sobre a prevenção do câncer de próstata. Foram entrevistados doze homens durante os atendimentos efetuados pelo Ônibus do Homem, que percorre diferentes bairros do município de Sorocaba, estado de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista oral gravada, buscando captar opiniões, sentimentos e motivos da adesão ou recusa dos entrevistados aos exames preventivos do câncer de próstata, além da aplicação de formulário sobre dados sociodemográficos e de adesão aos exames oferecidos pela unidade móvel. Os depoimentos foram organizados conforme a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Para análise e interpretação dos dados foi utilizada a análise de conteúdo, modalidade de análise temática. Os resultados mostraram que 41,7% dos participantes realizam exames preventivos regularmente. As barreiras à realização do toque retal mais citadas foram o machismo, a vergonha e o preconceito; os indutores da adesão mais relatados foram a importância da prevenção, da manutenção do corpo, do exame para a prevenção, e a influência da mídia. Para que mais homens realizem a prevenção, foi sugerido: aconselhamento sobre o câncer de próstata aos resistentes, divulgação sobre a importância da prevenção e a evolução silenciosa do câncer, desmistificação e chamada para o exame, acesso a muita informação
Abstract: Prostate cancer is the 6th most common type of cancer worldwide and the 2nd most prevalent in Brazil so precocious diagnosis in the early stages can reduce its morbidity and mortality rates. Gender conceptions represent an important contribution to understanding of the cultural barriers of men to carry out the preventive examination, especially the digital rectal examination. Therefore, to reveal what men think and feel about the preventive examination will be able to subsidize new educative approaches regarding the adoption of preventive examinations. This study had as the main goal to investigate the social representations of men who search the Bus of the Men (Ônibus do Homem) about prostate cancer prevention. Twelve men were interviewed during the medical consultation carried by the Bus of the Men that goes through different neighborhoods of Sorocaba city in the state of São Paulo. The data collection was made by recorded oral interview gathering opinions, feelings and reasons for the adoption or refusal of the prostate cancer preventive examinations by the interviewees, as well as adoption and sociodemographic question form offered by the mobile unit. The interviews were organized according to a collective subject speech, and for the data analysis and interpretation a content analysis was used, subject area analysis mode. The results have shown that 41,7% of the participants go through preventive examinations regularly. The most quoted barrier to the digital rectal examinations were sexism, embarrassment and prejudice. The most quoted reasons to adopt the examination were the importance of prevention and maintenance as well as media influence. In order to have more men adopting the prevention the following was suggested: prostate cancer counseling to the resistant, dissemination of information about prevention and the silent evolution of cancer, demystification and recruiting
Palavras-chave: Saúde do homem
Representações sociais
Neoplasia de próstata
Men`s health
Neoplasm
Prostate neoplasm
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde
Citação: Olivieri, Marcela. Representações sociais de homens sobre o exame preventivo do câncer de próstata. 2016. 106 f. Dissertação (Mestrado em Educação nas Profissões da Saúde) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18887
Data de defesa: 17-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação nas Profissões da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcela Olivieri.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.