???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18881
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAllan Macedo de Novaes-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4262010T7por
dc.contributor.advisor1Cruz, Eduardo Rodrigues da-
dc.date.accessioned2016-08-17T16:22:19Z-
dc.date.issued2016-03-17-
dc.identifier.citationAllan Macedo de Novaes. O problema adventismo-televisão: uma análise do pensamento adventista sobre a TV a partir da tipologia de H. Richard Niebuhr em cristo e cultura. 2016. 325 f. Tese (Doutorado em Ciência da Religião) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religião, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/18881-
dc.description.resumoA presente tese consiste em identificar e analisar o pensamento adventista sobre a televisão com base na tipologia de H. Richard Niebuhr no clássico Cristo e cultura. A pesquisa objetivou traçar as pressuposições teológicas, sociais e comunicacionais por trás do pensamento adventista acerca da TV e que foram herdadas da história social da denominação. Para tanto, foi escolhido como corpus de análise publicações editoriais adventistas de língua inglesa que discorriam sobre a relação entre o crente e a televisão. A análise documental das publicações se deu por meio de uma tipologia de matriz niebuhriana construída a partir de binômios. Como resultados da pesquisa, foi possível observar que as respostas do movimento ao problema adventismo-televisão são multifacetadas e complexas, e podem ser mais bem compreendidas através: (1) das marcas identitárias reveladas pela história social da denominação, cujo legado milerita é bastante influente, e (2) das oposições binárias imagem-texto, demonização-sacralização, autonomia-manipulação, protagonismo-coadjuvação e abstinência-moderação. Na literatura analisada, o pensamento adventista entre os anos 1950 até início dos anos 1990 é caracterizado por forte rejeição à mídia televisiva, por conta da ideia de rivalidade que se percebe entre imagem e texto em um movimento de orientação textocentrada. Além disso, acredita-se que a melhor opção diante da interação com a TV é a abstinência, por causa da crença no poder subliminar e de manipulação mental da mídia. O pensamento adventista também se caracterizou pela noção de que a TV é protagonista na vida cristã, sendo responsável por promover a santificação ou a condenação eterna. A literatura adventista justifica o uso da televisão apenas em contexto religioso e para fins evangelísticos, principalmente por conta da vocação escatológica e pelo imperativo religioso da proclamação da volta de Jesus à Terra. Contudo, os últimos livros do corpus, publicados entre os anos 1990 e 2000, representam uma mudança na compreensão adventista da TV. Apesar da prevalência do texto sobre a imagem continuar e do predomínio da ideia de urgência, outras perspectivas são privilegiadas, entre elas, a sacralização da TV, que agora pode ser utilizada também em contextos “seculares” e não exclusivamente para propósitos evangelísticos, o enfraquecimento da noção de TV como obstáculo à santificação, e a moderação como solução prática para o problema adventismo-televisãopor
dc.description.abstractThis thesis seeks to identify and analyze the Adventist thinking about television based on H. Richard Niebuhr’s typology presented in Christ and culture. The research aimed to trace the theological, social and communicational presuppositions behind the Adventist thinking about TV that were inherited from the social history of the denomination. Thus, it was chosen as a corpus of analysis the English-speaking Adventists editorial publications about the relationship between the believer and the television. After a historiagrafic analysis about the Adventism-TV problem and the reading of the Adventist literature about TV a Niebuhrian typology was constructed based in a binomial structure. As research results, it was observed that the responses of the religious movement to Adventism-TV problem are multifaceted and complex, and can be better understood through: (1) the identity marks revealed by the social history of the denomination, which Millerite legacy is very influent and (2) the binary oppositions image-text, demonizationsacralization, autonomy-manipulation, protagonism-assistance and abstinencemoderation. In the analyzed literature, the Adventist thinking between the 1950s until the early 1990s is characterized by strong rejection to the television media, because of the idea of rivalry that is perceived between image and text in a denomination orientated by the text. Furthermore, it is believed that the best option on the interaction with the TV is abstinence because of the belief in the subliminal power and the mind control skill of media. The Adventist thinking was also characterized by the notion that TV is the protagonist of Christian spirituality, being responsible for promoting the sanctification or eternal damnation. Adventist literature justifies the use of television only in a religious context and missionary purposes, mainly due to the eschatological vocation and the religious imperative of the proclamation of Jesus' return to Earth. However, the later books of the corpus, published between 1990 and 2000, represent a shift in the understanding of how should be the believer's interaction with the TV. Despite the prevalence of text on the image endures and the predominance of idea of emergency, other perspectives are privileged, among them the sacredness of the TV, which can now also be used in “secular” context and not exclusively for evangelistic purposes, and moderation as a practical solution to the problem Adventism-TVeng
dc.description.provenanceSubmitted by Filipe dos Santos (fsantos@pucsp.br) on 2016-08-17T16:22:19Z No. of bitstreams: 1 Allan Macedo de Novaes.pdf: 4096992 bytes, checksum: 32899c0334416704d985aa844e1f6421 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-08-17T16:22:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Allan Macedo de Novaes.pdf: 4096992 bytes, checksum: 32899c0334416704d985aa844e1f6421 (MD5) Previous issue date: 2016-03-17eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpor
dc.description.sponsorshipPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/38324/Allan%20Macedo%20de%20Novaes.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Sociaispor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Ciência da Religiãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAdventismopor
dc.subjectTelevisãopor
dc.subjectH. Richard Niebuhrpor
dc.subjectSeventh-day Adventismeng
dc.subjectTelevisioneng
dc.subjectChrist and cultureeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICASpor
dc.titleO problema adventismo-televisão: uma análise do pensamento adventista sobre a TV a partir da tipologia de H. Richard Niebuhr em cristo e culturapor
dc.typeTesepor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Allan Macedo de Novaes.pdf4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.