Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18772
Tipo do documento: Dissertação
Título: Desafios para o desenvolvimento de serviços digitais pelo governo federal brasileiro
Título(s) alternativo(s): Challenges for the Development of Digital Services by the Brazilian Federal Government
Autor: Germani, Leonardo Barbosa 
Primeiro orientador: Dowbor, Ladislau
Resumo: Esta pesquisa investiga o estado atual da gestão de Tecnologia da Informação na administração pública brasileira, com foco no desenvolvimento de serviços digitais, e confrontá-la com as melhores práticas do mercado e com algumas experiências de governos internacionais. O objetivo deste trabalho é investigar quais são os principais desafios encontrados pelos gestores públicos de TI do governo federal brasileiro para desenvolver serviços digitais com qualidade e agilidade, e que entreguem para os cidadãos uma experiência à altura da expectativa de uma sociedade cada vez mais habituada ao uso de tecnologias digitais. Faremos isso a partir da análise das melhores práticas adotadas pelo mercado de TI, em especial as chamadas “startups enxutas” (lean startups), e de como essas práticas foram adotadas pelos governos estadunidense e britânico. A partir desses estudos proporemos nosso próprio quadro de melhores práticas para o desenvolvimento de serviços digitais e o utilizaremos como referência para avaliar o estado atual as práticas no governo brasileiro. Em seguida passaremos a investigar quais são as dificuldades encontradas pelos gestores para adotar essas práticas, em primeiro lugar olhando para o contexto geral da TI no governo, sua história, normas e legislações, e, em segundo lugar, fazendo dois estudos de caso com vistas a conhecer as dificuldades concretas enfrentadas pelos gestores no dia a dia. A partir dessas análises apresentaremos uma síntese de quais foram os principais desafios identificados no desenvolvimento de serviços digitais e procuraremos apontar possíveis caminhos para enfrentá-los. Os principais desafios encontrados foram: a) reposicionar a TI da logística para a estratégia; b) revisar as normas legais para especializar o desenvolvimento de serviços digitais, que deve ter um processo específico, diferenciado das compras ordinárias; c) ampliar a oferta de alternativas de infraestrutura de TI acessíveis para os órgãos, modernizando os serviços oferecidos pelas empresas públicas e identificando serviços que possam ser hospedados em soluções comerciais para reduzir custos e fomentar o mercado nacional; d) ampliar e qualificar as equipes de TI para uma atuação voltada a gestão de projetos, e não apenas de contratos; e) construir uma visão sistêmica dos serviços, para que se possa entregar ao cidadão uma experiência única de relacionamento com o governo; f) garantir a participação da sociedade no desenvolvimento dos serviços, por meio do envolvimento do cidadão no processo, da abertura do código fonte e de uma abordagem de governo como plataforma; g) considerar o grande grau de exclusão digital do país e encontrar alternativas para oferecer os serviços à parcela da população desconectada. Por fim identificamos e apresentamos os pontos de sinergia entre as propostas desta pesquisa e a nova Estratégia de Governança Digital do governo federal
Abstract: This research investigates the current state of IT management in Brazil’s public administration, particularly the development of digital services, and confronting it with best practices from the private sector and a few experiences from other national governments. The objective of this work is to examine the main challenges faced by IT public managers at the Brazilian Federal Government to develop quality services in a timely manner, delivering to citizens an experience that measures up to the expectations of a society increasingly familiar to the use of digital technology. To this end, this study will depart from an analysis of the best practices adopted by the IT market, especially the so-called “lean startups”, and how these practices are also being adopted by the governments of the United States of America and the United Kingdom. Based on these studies, a framework of what can be considered best practices for the development of digital services will be proposed as a reference point to evaluate the current state of practices carried out by the Brazilian government. The dissertation will then investigate the main difficulties faced by public managers to adopt such practices, first by looking at the general context of IT development within the government, its background, rules and regulations and secondly by presenting two case studies aimed at disclosing the more concrete difficulties faced by public managers on their daily basis. From these analyses, a number of challenges were identified, and will be an object of scrutiny in this research – as well as possible ways to overcome them – namely: a) repositioning IT from logistics to strategic issues; b) revising the legal framework in order to create specific processes for the development of digital services, distinct from ordinary bidding and procurement processes; c) expanding the offer of IT infrastructure available to government bodies, modernizing services provided by public enterprises and identifying services that could be hosted by commercial actors in order to reduce costs and foster the domestic market; d) enlarging and qualifying IT teams to perform under a project management perspective, not a contract management one; e) building a systemic view of the services offered, in order to deliver to the citizens an unique experience in their interface with the government; f) guaranteeing social participation in the development of the services, through the engagement of citizens in the decision-making process, opening source codes and building up a “government as platform” approach; g) considering the high degree of digital exclusion in the country and finding alternatives to offer these services to the share of society that is offline. Finally, the study will identify and present the synergy points between the outcomes and propositions listed herein and the new Strategy for Digital Governance from the Brazilian government
Palavras-chave: Gestão pública
Serviços digitais
Gestão de TI
Public management
Digital sServices
IT management
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Germani, Leonardo Barbosa. Desafios para o desenvolvimento de serviços digitais pelo governo federal brasileiro. 2016. 259 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18772
Data de defesa: 18-Mar-2016
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Leonardo Barbosa Germani.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.