???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18466
Tipo do documento: Dissertação
Título: Arte, artefatos, cognição: evolução e processos comunicativos
Autor: Oliveira, Adriana Gomes de 
Primeiro orientador: Vieira, Jorge de Albuquerque
Resumo: A estreita relação entre arte, artefatos e evolução é discutida neste trabalho através de abordagens que evidenciam um fluxo de informações constante entre indivíduos e ambientes, que se constituem, em si, processos comunicativos. A criação e manipulação de tecnologias estão diretamente ligadas a mudanças perceptivas e cognitivas ocorridas nos organismos que as exploram e, também, nos que experenciam o ambiente modificado por estes processos, que são co-evolutivos. A arte, um campo de reorganização e reconstrução de possibilidades de ação e percepção no real, quando associada a ferramentas tecnológicas que carregam potenciais auto-organizativos e adaptativos, apresenta possibilidades diferenciadas para se materializar. Os estímulos que, pela repetição, colaborarem para a permanência do organismo em determinado ambiente tenderão a permanecer no tempo, evidenciando uma ligação entre os aparatos percepto-neuro-motores que estruturam os ciclos de percepção/ação dos organismos em seus ambientes, em diferentes tempos evolutivos. No trânsito de informações corpo/ambiente a arte é um terreno fértil para a geração de informações sensíveis e germinadoras
Abstract: The strict relationship between art, crafts and evolution is discussed in this work through approaches that. showing a flow of continuous information between individuais and environments, constitute themselves communicative processes Creation and manipulation of technologies are directly linked to perceptive and cognitive changes that exist not only in the organisms that exploit them but also in those that experience the environment modified by such processes, which are co-evolutionary. Art, ie. a field of reorganization and reconstruction of possibilities for action and perception within reality, when associated to technological tools that carry selforganizational and adaptable potentials, presents differentiated possibilities before it materializes. stimuli that, through repetition, contribute to the permanence of the organism in a certain environment wiutend to remain in time, showing an inner link between the perceptive-neuromotor apparatuses that structure the organisms' cycles of perception/action in their environments, through different evolutionary times. In the body/environment transit of information, art is a fertile terrain to generate sensitive and germinating information
Palavras-chave: Evolucao
Arte
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Oliveira, Adriana Gomes de. Arte, artefatos, cognição: evolução e processos comunicativos. 2004. 87 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18466
Data de defesa: 14-Oct-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana Gomes de Oliveira.pdf140,51 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.