???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18190
Tipo do documento: Dissertação
Título: Requisitos de software: a vagueza e ambiguidade em um requisito de software
Autor: Bigonha, Renato Dias 
Primeiro orientador: Gatti, Daniel Couto
Resumo: O desenvolvimento de um sistema de software é uma tarefa complexa. Para que o desenvolvimento ocorra, é necessária a comunicação entre os desenvolvedores de software e os interessados no uso de tal software (cliente). Através da interpretação das intenções do cliente, ocorre a especificação dos requisitos que descrevam as funcionalidades do software e dão origem ao modelo da aplicação. O uso da linguagem natural para essa comunicação pode trazer ambiguidades e vagueza à comunicação e especificação de requisitos. Para que qualquer comunicação ocorra é necessário um código ou linguagem comum à um remetente e ao destinatário e no contexto de software, ao cliente e desenvolvedor. Quando os termos da linguagem utilizada na comunicação não significam exatamente a mesma coisa para ambos os lados, a comunicação pode ficar prejudicada, dando espaço à suposição, que pode vir a gerar especificações de um software que não atende as necessidades do cliente. A correção desse sistema de software pode levar a retrabalho que pode ser custoso e aumentar o tempo de desenvolvimento. Essa pesquisa parte da hipótese de que com diminuição da ambiguidade e vagueza na comunicação e especificação da lista de requisitos, o software resultante do desenvolvimento possa ter mais chances de vir a satisfazer os objetivos do cliente. Durante a pesquisa, notou-se que com o uso da Linguagem Ubíqua durante o desenvolvimento pode trazer melhorias no desenvolvimento por propor a definição de termos arbitrários de acordo com o ponto de vista e contexto do cliente assim fazendo com que sejam diminuídas a ambiguidade e vagueza comunicação e especificação de requisitos. Mas a especificação de requisitos nunca poderá gerar um modelo absoluto, uma vez que o modelo é abstraído sempre a partir de um ponto de vista diferente
Abstract: The development of a software system is a complex task. For development to occur, it is necessary communication between software developers and those interested in the use of such software (client). Through the interpretation of the client's intentions, is the specification of requirements that describe the features of the software and give rise to the application model. The use of natural language for such communication can bring ambiguities and vagueness communication and requirements specification. For any communication to take place a code or common language is needed for a sender and recipient and the software context, customer and developer. When the terms of the language used in communication does not mean exactly the same thing to both sides, communication can be impaired, giving way to the assumption, which may prove to generate specifications for software that does not meet customer needs. The fix for this software system can lead to rework that can be costly and increase development time. This research starts from the assumption that with the elimination or reduction of ambiguity and vagueness in communication and specification of the list of requirements, the resulting software development can be more likely to come to meet the client's goals. During the research it was noted that with the use of ubiquitous language during development can bring about improvements in development for proposing the setting of arbitrary terms according to the viewpoint and client context thus causing ambiguity and are reduced vagueness communication and requirements specification. But the requirements specification can never generate an absolute model, since the model is always abstracted from a different viewpoint
Palavras-chave: Requisitos
Vagueza
Ambiguidade
Linguagens
Requirements
Vagueness
Ambiguity
Languages
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Mídias Digitais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital
Citação: Bigonha, Renato Dias. Requisitos de software: a vagueza e ambiguidade em um requisito de software. 2015. 115 f. Dissertação (Mestrado em Mídias Digitais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18190
Data de defesa: 17-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renato Dias Bigonha.pdf10,7 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.