???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18182
Tipo do documento: Dissertação
Título: Exergames: jogos digitais para longeviver melhor
Autor: Nakamura, Ana Lucia 
Primeiro orientador: Gatti, Daniel Couto
Resumo: Esta pesquisa bibliográfica objetiva identificar as contribuições dos exergames para um longeviver melhor, em seus aspectos físicos, emocionais e cognitivos. Para tanto, os estudos foram baseados em dois temais centrais: o processo de envelhecimento e os games. Investiga-se o que os indivíduos com mais de 60 anos jogam, suas preferências e motivações para jogar. A partir das ideias de longeviver e cuidadania busca-se compreender como ocorre o processo de envelhecimento, abordando como as pessoas de 60 anos mais interagem com a tecnologia, em especial com os exergames que vão além da essencial diversão dos jogos digitais, oferecendo possibilidades na reabilitação de funções motoras, cognitivas e melhorias em aspectos emocionais a partir da atividade física proposta em seus jogos. As contribuições dos exergames às pessoas idosas (homens, mulheres com faixa etária entre 60 e 94 anos, de países diversos) são identificadas a partir de estudos de caso sobre pessoas que sofreram um Acidente Vascular Encefálico, indivíduos idosos com Doença de Parkinson, Alzheimer, quadros de depressão leve e disfunções de equilíbrio postural. As contribuições dos exergames descritas são apresentadas também na forma de três mapas mentais, que permitem uma rápida compreensão das informações descritas no capítulo 3. Os estudos de jogos são fundamentados nas obras de Johan Huizinga, Roger Caillois e dos pesquisadores Sergio Nesteriuk Gallo, Vicente Mastrocolla, Jenova Chen. Já os estudos sobre o processo de envelhecimento foram baseados nos trabalhos de Simone de Beauvoir e das pesquisadoras Beltrina Côrte e Elisabeth F. Mercadante
Abstract: This bibliographic research aims to identify the exergames contributions in physical, emotional and cognitive aspects. It is based on two main themes: the aging process and the games. The study also identify the elderly preferences about the games and their motivations to play. It describes the aging process and how the elderly use technology, especifically relating to the exergames. The games go beyond the fun when its characteristics are combined with physical exercises. Thus, they can be alternatives for rehabilitation of motor functions, cognitive and improvements in emotional aspects. Through case studies about exergames in reabilitations with Parkinson Disease, Alzheimer, subsyndromic depression, stroke and postural balance, the exergames contributions to the elderly (men and women about 60 to 94 years old from different countries) are shown in this research. This research is based on the games publications of Johan Huizinga, Roger Caillois, Sergio Nesteriuk Gallo, Vicente Mastrcolla and Jenova Chen. The aging process studies are based on publications of Simone de Beauvoir, Beltrina Côrte and Elisabeth F. Mercadante
Palavras-chave: Exergame
Jogos para saúde
Jogos sérios
Longeviver
Processo de envelhecimento
Gameterapia
Exergame
Games for health
Serious games
Aging process
Gametherapy
Área(s) do CNPq: CNPQ::OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Mídias Digitais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital
Citação: Nakamura, Ana Lucia. Exergames: jogos digitais para longeviver melhor. 2015. 104 f. Dissertação (Mestrado em Mídias Digitais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18182
Data de defesa: 28-May-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Tecnologia da Inteligência e Design Digital

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Lucia Nakamura.pdf9,78 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.