Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17729
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vermelho com lilás: militância, formação e trabalho profissional de assistentes sociais feministas socialistas
Título(s) alternativo(s): Red with lilac: militancy, training and working professional of social workers socialists feminists
Autor: Peneghini, Luciana Ribeiro
Primeiro orientador: Abramides, Maria Beatriz Costa
Resumo: Este trabalho objetiva analisar a incidência do ideário feminista socialista para o trabalho profissional de assistentes sociais que militam em movimentos com esse recorte. Para tanto, resgata-se a história do feminismo urbano ocidental, bem como a luta das mulheres de esquerda com a classe trabalhadora, na Europa e na América Latina. Visando esclarecer as diferenças existentes entre os diversos matizes do feminismo, recorreu-se aos estudos de Marx, Engels e outros marxistas, no que se refere à opressão vivenciada pelas mulheres na sociedade. O feminismo brasileiro foi analisado mediante o seu resgate histórico, presente, sobretudo, em Teles (1999) e Pinto (2003). Procedeu-se, ainda, a um estudo histórico sobre o Serviço Social, com foco em sua relação profissional com o gênero feminino. O marco que altera a atuação conservadora do Serviço Social direcionada aos/às usuários/as encontra-se na reconceituação da profissão, a partir da qual a categoria se aproximou das demandas feministas e das mulheres periféricas e trabalhadoras. Com a reconceituação e construção de um projeto ético-político, articulado a um projeto societário sem exploração e opressão, as entidades da categoria, sobretudo o Conselho Federal de Serviço Social (Cfess), começaram a elaborar documentos, pautando a questão das mulheres e posicionando-se de forma feminista, com uma perspectiva de classe bastante proeminente. Por fim, realizou-se a análise das entrevistas com as três assistentes sociais pesquisadas, a fim de compreender se o ideário que caracteriza essa vertente do feminismo influencia seu trabalho profissional, direcionado à população atendida e ante as instituições empregadoras e a equipe de trabalho. A análise permitiu compreender quais aquisições foram possibilitadas pela militância para o trabalho profissional
Abstract: This paper aims to analyze the impact of socialist feminist ideas for the work of social workers who take part in movements with this kind. Therefore, we tried to rescue the history of western urban feminism, as well as the struggle of women of left with the working class in Europe and Latin America. In order to clarify the differences between the various shades of feminism, it was necessary to refer to studies of Marx, Engels and others marxists, as regards the question of oppression experienced by women in society. The brazilian feminism was analyzed through its historical review present, especially, in Teles (1999) and Pinto (2003). Also was realized a historical study of Social Work, focusing on his professional relationship with the female gender. The milestone that changed the conservative performance of Social Work with the users is in reconceptualization of the profession, when the category approached to feminist demands and to poor and working women. From the reconceptualization and the construction of a political ethical project, linked to a social project without exploitation and oppression, the category s entities, especially the Federal Council of Social Service (Cfess), began to prepare documents, talking about the issue of women and positioning themselves as feminists, with a very prominent class perspective. Finally, was realized the analysis of the interviews with the three surveyed social workers, in order to understand how the ideas present in the feminism socialist has influenced their professional work, with the users, the employing institutions and the work team. The analysis allowed understand the acquisitions possibilited for professional work by the militancy
Palavras-chave: Feminismo
Incidência do feminismo socialista para o trabalho profissional
Feminism
Social work
Incidence of socialist feminist for the professional work
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Peneghini, Luciana Ribeiro. Red with lilac: militancy, training and working professional of social workers socialists feminists. 2015. 211 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17729
Data de defesa: 27-Abr-2015
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Luciana Ribeiro Paneghini.pdf1,67 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.