???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17719
Tipo do documento: Dissertação
Título: Organização dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social no contexto das terceirizações, privatizações e precarização do trabalho
Autor: Rossin, Elizabeth Conceição 
Primeiro orientador: Abramides, Maria Beatriz Costa
Resumo: Esta dissertação pretende analisar as formas de organização dos trabalhadores do Sistema Único da Assistência Social (SUAS), no município de Campinas/SP, num contexto em que a reestruturação produtiva, as políticas privatizantes e a refuncionalização do Estado têm atuado para manutenção e sobrevivência do capital, impondo penúria e miséria para a classe trabalhadora. Conectadas com as histórias do nosso tempo e com o passado, enquanto produto social historicamente vivido pelos homens, perquirimos o caminho das resistências e lutas necessárias para o enfrentamento das condições materiais e objetivas presentes no cotidiano dos trabalhadores, que vivem a instabilidade de emprego e renda, flexibilização da legislação social do trabalho, contratos temporários de pessoas físicas ou jurídicas autônomas, subcontratados, terceirizados, ausência de proteção social do trabalho, enfim, tudo concorrendo para a destruição de conquistas e direitos historicamente forjados pela classe trabalhadora. Fundamentada no método marxista dialético-materialista, a pesquisa valoriza diálogos com autores e obras cuja base conceitual se sustenta na articulação do conhecimento crítico com o objeto estudado, na concepção de que a realidade vai explicando as ideias e não o seu contrário. Os espaços de representação dos interesses dos trabalhadores do SUAS estão imersos numa conjuntura refratária às lutas de classe e tampouco têm defendido interesses e reivindicações imediatas, se estas contrariam o poder vigente. Recorremos a entrevistas semiestruturadas com sindicatos e grupos de oposições, bem como à formação de um grupo focal com as trabalhadoras na perspectiva de problematizar as questões candentes que o tema suscita entre os trabalhadores concursados da Prefeitura Municipal de Campinas e os que estão contratados pela rede privada do SUAS. Esses dados desvelam sua importância no caminho investigativo da pesquisa, não apenas do ponto de vista quantitativo, mas no sentido de que os sujeitos envolvidos são produtos de um tempo histórico
Abstract: This dissertation intends to put under review the forms of organization of the Social Assistance Single System workers from Campinas/SP, in a context where productive restructuring, privatization policy, and the State employment system reorganization have played a role in the maintenance and survival of the capital, inflicting penury and misery to the working class. Connected to the stories of our time and the past, as a social product, and historically experienced by men, we ve traveled through the path of resistances and struggles needed to confront the material and objective conditions that make the daily life of these workers precarious. They ve experienced job and income fluctuation, flexibility in labor rights, temporary employment contracts of individuals or independent legal entities, subcontracting, outsourcing, lack of labor social protection, all contributing to the destruction of conquests and rights historically forged by the working class. Based on dialectical materialist Marxist method, this research values the dialogues with authors and works with conceptual basis grounded on the articulation of critical knowledge of the studied object, using the conception that reality will explain the ideas and not the opposite. The representation spaces of workers interests from the Social Assistance Single System have been immersed in a heatproof environment to class struggle and haven t even advocated immediate interests and claims, if they go against the ruling power. We use semi structured interviews with unions and opposition groups, as well as the formation of a focal group with workers in order to discuss the most important questions that the issue raises among municipal public servants in Campinas and those employed privately by the Social Assistance Single System. These data unveil their importance in the research investigative path, not only from a quantitative point of view, but in the sense that the individuals involved are products of a historical time
Palavras-chave: Trabalho
Precarização
Flexibilização de direitos trabalhistas
Lutas históricas e imediatas
Work
Precariousness
Flexibility of labor rights
Historical and immediate struggles
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Serviço Social
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Rossin, Elizabeth Conceição. Organização dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social no contexto das terceirizações, privatizações e precarização do trabalho. 2015. 231 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17719
Data de defesa: 26-Mar-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elizabeth Conceicao Rossinni.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.