REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Relações Internacionais: Programa San Tiago Dantas
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/17460
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOrtega, Felipe Afonso-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4242296P7por
dc.contributor.advisor1Nasser, Reginaldo Mattar-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4723383J2por
dc.date.accessioned2016-04-29T13:48:40Z-
dc.date.available2009-07-28-
dc.date.issued2009-06-30-
dc.identifier.citationOrtega, Felipe Afonso. Cores da mudança?: as revoluções coloridas e seus reflexos em política externa. 2009. 139 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais: Programa San Tiago Dantas) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Relações Internacionais: Programa San Tiago Dantas Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/17460-
dc.description.resumoEntre 2003 e 2005, três países da ex-União Soviética presenciaram movimentos oposicionistas chegarem ao poder, seja diretamente, através de eleições presidenciais, seja pela renúncia dos líderes de então em resposta a intensos protestos populares. Esse conjunto de movimentos a Revolução das Rosas na Geórgia, a Revolução Laranja na Ucrânia e a Revolução das Tulipas no Quirguistão acabou recebendo a alcunha de Revoluções Coloridas. O objetivo central deste trabalho é fazer uma análise das políticas exteriores adotadas após as Revoluções Coloridas por cada um dos três países onde elas ocorreram. A principal preocupação é com as relações que emergiram com a Rússia, que representou obstáculo importante ao sucesso de cada um dos três movimentos. Uma análise como esta pode ajudar a esclarecer em que medida o embate russo-americano, tão marcante durante os processos que levaram às revoluções, manteve-se presente nos discursos e nas ações dos novos governantes após a subida ao poderpor
dc.description.abstractBetween 2003 e 2005, three countries from the former Soviet Union saw opposition movements coming to power, either directly, through presidential elections, or through the resignation of the incumbent leaders, following series of popular protests. This group of movements the rose revolution in Georgia, the Orange revolution in Ukraine and the Tulip Revolution in Kyrgyzstan was eventually called ´color revolutions`. The central goal of this dissertation is to analyze the foreign policies adopted after the color revolutions by each one of the three countries. The main concern is with the relations that emerged with Russia, a country that represented an important obstacle to the success of the three movements. Such an analysis can help to clarify to what extent the russian-american confrontation, so evident during the processes that led to the revolutions, kept present in the speeches and actions of the new governmentseng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/36444/Felipe%20Afonso%20Ortega.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentRelações Internacionaispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Relações Internacionais: Programa San Tiago Dantaspor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRevoluções coloridaspor
dc.subjectColor revolutionseng
dc.subjectGeorgia -- Historia -- Revolucao das Rosas, 2003por
dc.subjectUcrania -- Historia -- Revolucao Laranja, 2004por
dc.subjectQuisguistao -- Historia -- Revolucao das Tulipas, 2005por
dc.subjectGeorgia -- Relacoes exteriores -- Russiapor
dc.subjectUcrania -- Relacoes exteriores -- Russiapor
dc.subjectQuirguistao -- Relacoes exteriores -- Russiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICA::POLITICA INTERNACIONAL::RELACOES INTERNACIONAIS, BILATERAIS E MULTILATERAISpor
dc.titleCores da mudança?: as revoluções coloridas e seus reflexos em política externapor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Relações Internacionais: Programa San Tiago Dantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Felipe Afonso Ortega.pdf1,07 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.