???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17122
Tipo do documento: Dissertação
Título: A construção de tipos de pessoas vistas a partir de bancos de dados: o caso da adolescência vulnerável
Autor: Lima, Juliana Meirelles de 
Primeiro orientador: Spink, Mary Jane Paris
Resumo: Esta dissertação tem por objetivo investigar a dimensão discursiva dos bancos de dados científicos. Entendemos que tais ferramentas são práticas discursivas e não meros repositórios de publicações científicas. A maneira como as publicações são neles inseridas amplia, por um lado, o acesso dos pesquisadores às informações, mas, por outro, restringe o número de produções acessadas e impõe uma ordem. Portanto, como ferramentas de busca, os bancos produzem efeitos nas práticas científicas. Seguimos a argumentação de Hacking (1999, 2001, 2007) a fim de investigar como essa dimensão discursiva cria tipos de pessoas, mais especificamente, buscamos entender que papel os bancos de dados exercem na construção do conceito de adolescência vulnerável. Percorremos o trajeto histórico do uso e da cristalização da noção de vulnerabilidade como conceito organizador nas diversas áreas do saber e, com maior especificidade, na Psicologia. Para isso, um levantamento quantitativo foi realizado no portal de periódicos da CAPES através de um software desenvolvido especificamente para esse propósito. Posteriormente realizamos um levantamento das publicações na PsycINFO, analisando discursivamente as versões de vulnerabilidade e de adolescência vulnerável performadas nas publicações de subáreas da Psicologia. Por fim, no banco SciELO e BVS, estudamos publicações indexadas no Qualis de Psicologia, estudando a associação entre vulnerabilidade e adolescência em publicações científicas nacionais
Abstract: This dissertation aims to investigate the discursive dimension of scientific databases. We understand that these tools are discursive practices and not merely repositories of scientific literature. Whilst the way in which articles are added to databases broadens the access researchers have to information, it also restricts the choice of articles available for access and the order in which they are accessed. Therefore, as search tools, databases have an impact on scientific practice. We have followed the argumentation presented by Hacking (1999; 2001; 2007) in order to investigate how the discursive dimension of scientific databases makes up kinds of people, more specifically, we attempt to ascertain the role databases play in determining the concept of vulnerable adolescents. We studied the history behind the use and crystallization of the notion of vulnerability as an organizing concept in the various areas of knowledge and more specifically in Psychology. To this intent, we gathered quantitative information on periodicals from the CAPES portal through a software developed exclusively for this purpose. Subsequently, we gathered information on publications from the PsycINFO database, analyzing discursively the vulnerability and vulnerable adolescents versions performed in publications from subfields of Psychology. Lastly, we focused on publications from the SciELO and BVS databases indexed by Qualis Psychology, evaluating the association between vulnerability and adolescence in national scientific publications in Brazil
Palavras-chave: Bancos de dados
Vulnerabilidade
Adolescência
Ian Hacking
Databases
Vulnerability
Adolescence
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Lima, Juliana Meirelles de. A construção de tipos de pessoas vistas a partir de bancos de dados: o caso da adolescência vulnerável. 2015. 139 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17122
Data de defesa: 17-Sep-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Meirelles de Lima.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.