???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16920
Tipo do documento: Dissertação
Título: O psicólogo no terceiro setor: os sentidos do trabalho no enfrentamento à desigualdade social
Autor: Silva, Camila Young da 
Primeiro orientador: Sawaia, Bader Burihan
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo analisar os sentidos implicados na atuação e relação profissional do psicólogo inserido no terceiro setor com a instituição, a equipe e a população atendida, com a finalidade de investigar aspectos que fortalecem e dificultam suas ações no enfrentamento das desigualdades sociais. Trata-se de um estudo qualitativo, embasado nos pressupostos teórico-metodológicos da Psicologia Social Crítica desenvolvidos por Vigotski e ampliados pelos estudos desenvolvidos pelo Núcleo de Estudos em Exclusão / Inclusão Social, em diálogo com a filosofia de Espinosa, especialmente suas reflexões sobre a afetividade como ético-política. Como procedimento, optou-se pela a entrevista semidirigida com o diretor, a assistente social e o psicólogo em duas instituições diferentes em relação à profissionalização do trabalho. Uma, possui o trabalho estruturado com profissionais contratados e, a outra, não tem trabalho estruturado e a maioria dos profissionais possui vínculo voluntário. A partir dos relatos produzidos pelos sujeitos, foi possível desenhar núcleos de significados e analisar, dentro deles, os afetos e as motivações constituintes da atuação e das relações profissionais. A análise teve como pano de fundo as determinações político-administrativas do terceiro setor no capitalismo e os limites da atuação do psicólogo na política pública. Os resultados apontam que as ações de enfrentamento à desigualdade social no campo do terceiro setor resultam em esvaziamento político, no qual prevalecem práticas adaptativas que chegam prontas para a população. Os afetos aparecem em práticas de solidariedade e não como meio de ação política. Percebe-se que as ações dos psicólogos estão distantes da interdisciplinaridade, da potencialização profissional e do fortalecimento da população. Dessa forma, consideram-se necessárias ações que abarquem o contexto social-subjetivo e busquem novas formas de potencializar e inovar a prática profissional. Conclui-se com este estudo que as ações referentes às políticas públicas no campo do terceiro setor se apresentam limitadas aos entraves burocráticos e demais interesses políticos, pessoais e, consequentemente, afastam-se do seu propósito de proporcionar um campo político transformador
Abstract: The objective of this study is to promote analyses regarding meanings relating to the professional activities of psychologists working within their institutional environment, with respect to teamwork and the population being cared for. The activities are performed in the third sector, and it aims to investigate aspects which try to understand actions when confronting social inequalities. It is a qualitative study, based on perspective assumptions of Social Critical Psychology developed by Vigotski and followers. Followers include studies developed by the Nucleus of Studies of the Dialetics within a framework using elements of Espinosa s philosophical ideas (particularly his reflections concerning the effectiveness of political-ethics). A semi-driven interview with the director, the social assistant and the psychologist was undertaken in two different institutions. The aim was to understand the level of work professionalism. One institution was organized by having its work structured with properly employed professionals while the other institution worked mainly with volunteers. From the reports produced, it was possible to construct meaning levels (belief systems), and, within this framework, consider motivations and emotional responses relating to the professionals working in the above quoted institutions. The analysis considered the political and managerial background of the third sector and the limits, possibilities and limitations of the psychologist considering the established public policies which regulates activities in a capitalist society. The results suggested that by confronting social inequalities, within the third sector, a situation of political weakness is observed, where ready-made practices prevails for dealing with day-to-day practices. Affection is perceived as solidarity practices and not as a result of policy action (or political determination). It is possible to perceive that psychologists´ actions are not performed as inter-disciplinary actions (weakening professional effectiveness). In this way, actions are considered necessary to include the social (subjective) context, and to find new ways to increase (with useful innovations) professional practices. It can be concluded with this study, that actions of the third sector (performed within known public policies), are being limited because of bureaucratic problems which arises as a result of political and personal interests (not supposed to be present, but which unfortunately exist)
Palavras-chave: Psicologia e assistência social
Terceiro setor
Psicologia sócio histórica
Afetividade
Subjetividade
Atuação do psicólogo
Desigualdade social
Psychology and social assistance
Third sector
Socio-historic psychology
Affection
Subjectiveness
Psychologist s work
Social inequality
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social
Citação: Silva, Camila Young da. O psicólogo no terceiro setor: os sentidos do trabalho no enfrentamento à desigualdade social. 2011. 123 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16920
Data de defesa: 20-May-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camila Young da Silva.pdf1,36 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.