???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16851
Tipo do documento: Dissertação
Título: Chronic Mild Stress: um estudo sobre a interação entre submissão ao protocolo de estressores, comportamento operante e privação
Título(s) alternativo(s): Chronic Mild Stress: an experiment about the interaction among submission to stress protocol, operant behavior and deprivation
Autor: Pereira, Clarissa Moreira 
Primeiro orientador: Sério, Tereza Maria de Azevedo Pires
Resumo: O Chronic Mild Stress (CMS), ou estresse crônico moderado, é um modelo experimental que tenta reproduzir, em laboratório, através do uso de um protocolo de estressores, condições da vida real, em ratos, para estudo dos efeitos da exposição a esses estressores no comportamento dos sujeitos. No presente estudo, pretendeu-se verificar se o protocolo completo, e não apenas alguns estressores apresentados isoladamente (privação de água e privação de alimento), seriam responsáveis pelos efeitos comumente descritos na literatura (diminuição na ingestão e preferência por substância doce e no peso pela submissão ao protocolo). Foi verificada também a interferência de sessões operantes em esquema concorrente (água-sacarose) em todos os efeitos considerados. Os resultados encontrados foram analisados com relação a (a) peso corporal, (b) consumo de alimento e água, (c) ingestão de líquidos nos testes da gaiola viveiro e (d) desempenho em esquema concorrente. Tanto a privação isoladamente quanto o protocolo incompleto (sem privação) produziram efeitos no peso dos sujeitos, no consumo de alimento e água e na ingestão e preferência de líquidos. Porém, a junção de ambos o protocolo completo se mostrou crítica na produção dos resultados com relação a essas medidas. Alguns aspectos do desempenho operante diferem a depender dos sujeitos estarem privados ou não previamente às sessões, mas não diferem entre sujeitos que passam ou não pelo restante dos estressores. Com relação aos resultados, duas sugestões são colocadas: (a) a manipulação neonatal pode ser uma variável responsável pela não produção de todos os efeitos do protocolo no comportamento dos sujeitos; e (b) a exposição prolongada à sacarose pode ter efeitos similares à analgesia nos sujeitos, fazendo com que os possíveis efeitos do protocolo de estressores não sejam produzidos. É levantado um ponto considerado importante, a partir dos resultados: outras medidas, que não apenas a ingestão de líquidos, devem ser consideradas para análise em estudos com o CMS
Abstract: Chronic Mild Stress (CMS) is an experimental model that attempts to reproduce, in laboratory, real life stressing conditions in rats, by using a stress protocol to study the effects of the exposition to these stressors in the subjects behavior. In the present experiment, the purpose was to identify if whole protocol, and not some of the stressor stimuli specifically (water and food deprivation) are responsible for producing the effects frequently described in literature (decreased sweet substance ingestion and preference and body weight when submitted to the protocol). It was also verified the influence of operant concurrent schedule sessions (water-sucrose) in all the effects considered. The results were described on (a) body weight, (b) food and water consumption, (c) sucrose ingestion and preference, and (d) concurrent schedule performance. Deprivation itself and incomplete protocol (with no deprivation conditions) produced effects on body weight, food and water consumption, and sucrose preference and ingestion. However, the two together complete protocol showed itself to be critical to produce these results. Some operant behavior features differ depending on whether the subjects are deprived or not before the session, but they don t among subjects that are submitted to the other stressors (other than deprivation). According to these results, there are two possible suggestions: (a) neonatal handling can be responsible for the inexistency of the common effects of the protocol in the subjects behavior; and (b) the continuous exposure to sucrose can have similar effects to analgesia, making it possible that effects of the protocol are not produced. One issue is considered important, considering these results: measures, other than just sucrose ingestion and preference, must be taken into account in CMS studies
Palavras-chave: Protocolo de estressores
Privação
Manipulação neonatal
Exposição à sacarose
Stress protocol
Deprivation
Operant behavior
Neonatal handling
Exposure to sucrose
Comportamento operante
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Pereira, Clarissa Moreira. Chronic Mild Stress: um estudo sobre a interação entre submissão ao protocolo de estressores, comportamento operante e privação. 2009. 149 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16851
Data de defesa: 12-May-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Clarissa Moreira Pereira.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.