???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16812
Tipo do documento: Dissertação
Título: História comportamental: estudo dos efeitos da exposição a diferentes esquemas sobre um desempenho posterior
Título(s) alternativo(s): Behavioral history: a study on the effects of the exposure to different schedules on a subsequent performance
Autor: Borges, Nicodemos Batista 
Primeiro orientador: Banaco, Roberto Alves
Resumo: A área de História Comportamental tem como objetivo estudar as influências de histórias às quais o sujeito foi exposto sobre desempenhos posteriores. Este estudo pretendeu discutir os seguintes assuntos: a) a transitoriedade de desempenho frente a exposição a diferentes esquemas; b) se essa transitoriedade depende do tipo de esquema; c) tipos diferentes de delineamento (Grupo X sujeito único) e apresentação de resultados (blocos de sessões X sessão a sessão) indicam interpretações diferentes do fenômeno; d) efeitos da introdução de uma variável interferente ; e, e) se histórias experimentais exercem algum controle posterior sobre o responder. Para tal 8 ratos machos da raça Wistar mantidos a aproximadamente 85% de seus respectivos pesos ad. lib. foram distribuidos em quatro grupos que foram submetidos a diferentes histórias experimentais. Os grupos foram submetidos a histórias de DRL e FR, tendo variação na ordem da apresentação dos esquemas, no valor do DRL e na inserção ou não de som, com exceção do Grupo 4 que não teve história de FR. Os resultados encontrados foram: a) a re-aquisição do responder frente a um determinado esquema ocorreu mais rapidamente que sua aquisição; b) a inserção e retirada do som não produziu alterações no responder; c) as taxas de respostas sob uma segunda exposição a FR voltaram aos patamares observados antes da história sob esquema DRL, com exceção do sujeito 64; d) verificou-se um pequeno aumento nas taxas de respostas na exposição ao esquema DRL após história de FR se comparadas às taxas anteriores; e e) ao se observar os mesmos resultados em blocos de sessões X sessão a sessão e médias de Grupo X valores individuais, tem-se resultados diferentes, ao que se refere a introdução e retirada do som, os resultados por blocos de sessões e médias de grupo sugere que a inserção ou retirada do som alterou o responder, entretanto, ao se observar os resultados sessão a sessão e individualizadamente verificou-se que o som não produziu tais efeitos. Os resultados apontam que: a) os diferentes tipos de história produziram diferentes efeitos sobre o responder posterior, o que reforça a necessidade de se conhecer a história à qual o sujeito foi exposto como fator importante na predição e controle de seu comportamento; b) a re-aquisição de um responder sendo mais rapidamente observada do que sua aquisição indica que os efeitos da história não são transitórios; c) para considerar se um efeito da história é transitório ou não deve-se observar diferentes variáveis tais como: o tipo de esquema de reforçamento (em vigor e aquele ao qual o sujeito foi exposto anteriormente) e o delineamento usado; d) diferentes delineamento e apresentação de resultados podem levar a interpretações diferentes de um fenômeno; e) a introdução de um estímulo (suposta variável interferente ) parece não produzir alterações no responder dos sujeitos
Abstract: The field of Behavioral History has the purpose of studying the influences of the histories to which the subject was exposed on subsequent performances. This study aimed to discuss the following issues: a) the transitory performance under the exposure to different schedules of reinforcement; b) if this transitory performance depends on the schedule; c) if different types of experimental designs (Group vs. Within Subject) and data analyses (Groups of Sessions vs. Session to Session) indicate different interpretations of the phenomenon; d) the effects of the presentation of an disruptive variable ; and e) if experimental histories have any control over the subsequent responding. Eight male Wistar rats, kept at a proximally 85% of their free feeding weights, were divided into four groups, which underwent different experimental histories. The groups were submitted to DRL and FR histories, the differences being on the order of the schedule presentation, on the DRL value, and on the presentation of sound or no sound, except to Group 4, which did not have a FR history. The results found were: a) the reacquisition of responding under a specific schedule was faster than its acquisition; b) the presentation and withdrawal of the sound did not produce differences on responding; c) the rates of responding under a second exposure to a FR returned to the same pattern previous to the DRL history, except to subject 64; d) when compared to previous rates, a small increase in the rates of responding under a DRL schedule after a FR history was observed; and e) observing the same results in groups of sessions vs. session to session and group averages vs. individual values, different results were found concerning the presentation and withdrawal of the sound, as the results for groups of sessions and group averages suggested that presenting and withdrawing the sound produced changes in responding, but the individual results and the session to session results show that the sound did not have such effect on responding. These results suggest that: a) the different types of history produce different effects over subsequent responding, what reinforces the need of knowing the history to which the subject was exposed in order to predict and control behavior; b) the reacquisition of a responding pattern being faster than its acquisition indicates that the effects of history are not transitory; c) to state that a given effect of history is transitory or not, it is necessary to observe variables like: the type of schedule of reinforcement (current and to which the subject was previously exposed) and the experimental design; d) different experimental designs and data analysis can lead to different interpretations of a phenomenon; e) the presentation of a stimulus (a supposing disruptive variable ) seems not to alter the subjects behavior
Palavras-chave: história comportamental
história experimental
esquemas de reforçamento
behavioral history
experimental history
schedules of reinforcement
Análise do comportamento
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Borges, Nicodemos Batista. Behavioral history: a study on the effects of the exposure to different schedules on a subsequent performance. 2005. 123 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16812
Data de defesa: 15-Apr-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Historia comportamental.pdf628,52 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.