???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16802
Tipo do documento: Dissertação
Título: Escolha de acordo com o modelo: relações emergentes entre estímulos arbitrários em indivíduos de diferentes condições de peso corpóreo
Título(s) alternativo(s): Matching-to-Sample: emerging relations between arbitrary stimuli in individuals of different conditions of body weight
Autor: Cardoso, Juliana Bisatto
Primeiro orientador: Banaco, Roberto Alves
Resumo: O objetivo deste trabalho foi averiguar se o modelo de Equivalência de estímulos poderia descrever parte do problema da obesidade relacionado ao controle externo de estímulos. Seis sujeitos, três com IMC< 24,9Kg/m2 e três com IMC> 24,9 Kg/m2 foram submetidos duas vezes a um mesmo procedimento de escolha de acordo com o modelo, que utilizou um conjunto de estímulos não-alimentares na primeira situação e estímulos alimentares na segunda. O procedimento incluiu Treino condicional com reforçamento ora contínuo e ora intermitente para as relações AB e BC e teste para as relações de Simetria (BA e CB), Transitividade (AC) e Transitividade simétrica (CA). Nos treinos e teste com estímulos não-alimentares o conjunto de estímulos A foram: A1- casa, A2- bola, A3-igreja, A4-relógio; B: B1- TAC, B2- PIQ, B3- REZ, B4- LYT e C: C1- bonito,C2- velho, C3- vermelho e C4- brilhante. Nos treinos e testes com estímulos alimentares os estímulos foram indicados por cada sujeito da seguinte maneira: A1 e A2 - alimentos preferidos enquanto A3 e A4 alimentos de pouca ou nenhuma ingestão. O conjunto B foi formado por: B1-WEX, B2-ZIM, B3-KAB, B4-TUJ. E o C foi formado por:C1-delicioso, C2-horrível, C3- saboroso e C4- detestável. Os resultados sugerem a emergência de equivalência na maioria das ocasiões testadas e com praticamente todos os sujeitos, independente do IMC (exceto o sujeito 2, que não demonstrou a formação de classes de equivalência). Notou-se também que o primeiro treino exigiu para a quase a totalidade dos sujeitos um número de tentativas maior para o atingimento do critério estabelecido para a mudança das fases. A conclusão discute com a literatura que aponta interferência de histórias prévias como estímulos utilizados no estabelecimento de relações arbitrárias apontando (na maioria dos casos) uma adaptação às novas condições do reforço para o estabelecimento de relações arbitrárias
Abstract: The objective of this project was to investigate if the stimuli Equivalence model can describe part of the obesity problem related to the external control of stimuli. Six subjects, three with IMC<24.9Kg/m2 and three with IMC > 24.9 were exposed twice to a same choice procedure in accordance with the model that utilized a set of non-food stimuli in the first situation and food stimuli in the second. The procedure included a special conditional training alternating continuous reinforcement and intermittent reinforcements for the relationships AB and BC and test for the symmetry relationships (BA and CB), Transitivity (AC) and symmetrical Transitivity (CA). In the training and test with non-food stimuli the set of stimuli A were A1-house, A2 ball, A3- church, A4 clock; B: B1- TAC, B2 PIQ, B3 REZ, B4 LYT and C: C1 attractive, C2 old, C3 red and C4 shining. In the training and test with food stimuli the stimuli were indicated by each subject in the following manner: A1 and A2 were preferred food while A3 and A4 were food of little or no intake. The B set was formed by B1 WEX, B2- ZIM, B3 KAB, B4-TUJ. C was formed by C1- delicious, C2- horrible, C3- full of flavor and C4 despicable. The results suggest an emergence of equivalence in the majority of the occasions tested and with practically all the subjects, independently of the IMC (except for subject 2, which did not show a formation of equivalence class). It was noted that the first training required, for almost all subjects, a larger number of tries to reach the criterion established for a phase change. The conclusion conflicts with the existing literature which points to a interference of previous history as stimuli utilized in the establishment of arbitrary relationships pointing (in the majority of cases) to an adaptation to new conditions of the reinforcement for the establishment of arbitrary relationships
Palavras-chave: Equivalência de estímulos
escolha de acordo com o modelo
obesidade
estímulos alimentares
Stimuli Equivalence
Matching-to-Sample
obesity
food stimuli
Avaliacao do comportamento
Estimulacao sensorial
Obesidade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Cardoso, Juliana Bisatto. Matching-to-Sample: emerging relations between arbitrary stimuli in individuals of different conditions of body weight. 2007. 66 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16802
Data de defesa: 4-May-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
juliana cardoso.pdf1,57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.