???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16682
Tipo do documento: Dissertação
Título: A utilização dos paradigmas de Drash e Tudor (1993) na condução do desenvolvimento verbal de uma criança de 5 anos
Título(s) alternativo(s): Using Drash and Tudor s (1993) paradigm in the conduction of verbal development of a 5 year-old child. Master Thesis
Autor: Oliveira, Denise de Lima 
Primeiro orientador: Banaco, Roberto Alves
Resumo: Comportamento verbal é comportamento operante, sujeito à leis de reforçamento. Contingências de reforçamento podem produzir supressão ou baixa freqüência de emissão de respostas verbais. O objetivo desse trabalho foi: levantar hipóteses de possíveis contingências de reforçamento que pudessem provocar supressão e/ou baixa freqüência na emissão respostas verbais; observar interações familiares e identificar contingências que pudessem diminuir ou aumentar a freqüência de emissão de respostas verbais e comportamentos inadequados,; e, desenvolver procedimentos de intervenção através de orientações aos pais e verificar possíveis mudanças na freqüência de emissão de respostas verbais de uma criança de cinco anos. Para isso, foram feitas: entrevista para levantamento da história de vida da criança e da queixa; observações semanais de uma hora na residência da criança por um período de sete meses; e, orientações aos pais ao final de cada sessão de observação para que usassem procedimentos tais reforçamento diferencial de respostas alternativas, ensino de nomeação, reforçamento de mandos vocais, consequenciação de emissão de resposta verbal, alteração na freqüência de assistir TV e jogar vídeo-game e extinção para comportamentos inadequados. As interações entre os membros da família foram transcritas e categorizadas. Os resultados mostram que a criança em sua história de reforçamento e no início do experimento, foi exposta a contingências desfavoráveis ao desenvolvimento de respostas verbais, o que produziu supressão e/ou baixa freqüência de emissão de respostas verbais. As orientações emitidas pela pesquisadora parecem ter produzido mudanças nos comportamentos dos pais e conseqüentemente, nos comportamentos da criança, provocando aumento e diminuição na freqüência de emissão de verbalizações e comportamentos inadequados, respectivamente. Além disso, os dados mostram que ocorreram mudanças na interação de todos os membros da família, confirmando que comportamento verbal é modelado e mantido pelas contingências.
Abstract: Verbal behavior is operant behavior and therefore is ruled by the laws of reinforcement. Reinforcement contingencies may yield suppression or low frequency of verbal responses. The purpose of this work was: to formulate hypothesis of possible contingencies of reinforcement that could suppress or lower the frequency of verbal responses; to observe family interactions and identify the contingencies that could lower the frequency of verbal responses and raise the frequency of inappropriate behavior; to develop procedures of intervention through parents counseling and to verify possible changes in the frequency of verbal responses emitted by a 5 year-old child. In order to accomplish this purpose, an interview to assess the history of the child and of the parents complaint was carried out; one hour observation sessions in the child s home were done for 7 months; and, at the end of each observation session, parents counseling took place. The purpose of parents counseling was to instruct them to differentially reinforce alternative responses, teach naming, reinforce vocal mands, consequence the emission of verbal responses, alter the frequency of watching TV and playing video game, and perform extinction for inappropriate behavior. The interaction of family members were transcribed and categorized. The results show that the child was exposed to unfavorable contingencies in the beginning of the experiment and in his/her previous life, which had yield suppression and/or low frequency of verbal responses. The instructions given by the researcher seem to have produced changes in the parents behavior and, consequently, in the child s behavior, leading to an increased frequency of verbal responses and a decreased frequency of inappropriate behavior. In addition, the data show that changes in the interactions of all members of the family happened, confirming that verbal behavior is shaped and maintained by reinforcement contingencies.
Palavras-chave: Orientação familiar
Estratégias de intervenção
Verbal behavior
Family counseling
Strategies for intervention
Analise do comportamento
Comportamento verbal
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Oliveira, Denise de Lima. Using Drash and Tudor s (1993) paradigm in the conduction of verbal development of a 5 year-old child. Master Thesis. 2005. 146 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16682
Data de defesa: 10-Oct-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Utilizacao dos paradigmas de drash e tuddor.pdf1,31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.