???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16674
Tipo do documento: Dissertação
Título: Adesão a um programa de atividade física em portadores de diabetes
Autor: Fechio, Juliane Jellmayer 
Primeiro orientador: Malerbi, Fani Eta Korn
Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia de um programa de atividade física dirigido a indivíduos sedentários portadores de diabetes. Participaram 14 portadores de diabetes predominantemente do tipo 2, dez dos quais com diagnóstico há mais de dez anos, com idades entre 36 e 70 anos, e seis familiares. O programa constou de 40 aulas, com duração crescente, majoritariamente em um parque, duas vezes por semana, que envolveram alongamento inicial, caminhada e alongamento final. Havia dois tipos de aulas. No primeiro, uma professora de Educação Física (a pesquisadora) coordenava as atividades e no segundo, os participantes praticavam as mesmas atividades, comandadas por algum aluno, e a professora comportava-se como um membro do grupo. Antes do inicio de cada aula, era medida a glicemia capilar de cada aluno. Empregou-se um procedimento de modelagem do comparecimento às aulas. Os alunos que compareciam às aulas recebiam pontos que eram trocados, no final de cada mês, por artigos esportivos e itens de cuidado do diabetes. Concomitantemente ao desenvolvimento do programa, os familiares sorteados para participar do estudo reuniam-se com a pesquisadora a cada vinte dias para discutir estratégias de incentivo da prática de atividade física. Realizou-se uma avaliação física e o exame de hemoglobina glicosilada antes do programa, três meses após o seu inicio e um mês depois de encerradas as aulas. Os participantes foram instruídos para registrar seus minutos gastos com atividade física no mês anterior, durante o programa e no mês após a última sessão. Nove alunos freqüentaram a maioria das aulas (82,~100%) e aumentaram seus níveis diários de atividade física fora das aulas. O envolvimento familiar contribuiu para a adesão dos participantes, principalmente quando o familiar participava da atividade física praticada pelo aluno. Os progressos comportamentais obtidas nem sempre foram acompanhados de uma melhora na avaliação física, embora, de uma forma geral, as medidas biológicas tenham melhorado no decorrer do estudo. As glicemias capilares apresentaram uma tendência a diminuir ao longo do estudo para quatro alunos e a média da hemoglobina glicosilada do grupo caiu significativamente durante o programa, o que nos permite concluir que houve uma melhora no controle glicêmico dos participantes. Os resultados mostraram que o programa desenvolvido, com base na Análise do Comportamento, contribuiu para a promoção de comportamentos com conseqüências benéficas para a saúde da maioria dos participantes
Abstract: The present study's objective was to assess the efficacy of an adherence-enhancement activity program addressing sedentary diabetic patients. A total of 14 diabetic patients (mainly type 2 diabetes, disease duration over 10 years), and six family members were included in the current study. Patients were 36 - 70 years old. The program consisted of 40 classes, with increasing duration, mostly at a park, twice a week, including warm up - walking - cool down. Classes were first commanded by' a teacher (the researcher) and then gradually withdrawing her command. Before each class, participants' capilar glycemia were measured. Through a shaping procedure, participants earned credit points for attending the sessions, which later could be exchanged for diabetes monitoring supplies and other rewards. Concomitant to the activity program, six randomly selected family members discussed in group with the researcher about strategies to encourage physical activity. Fitness evaluation and glycosylated hemoglobin were carried out before, during and after the program completion. Participants were instructed to do daily records on how many minutes they had spent with physical activity the month before, during the program and for the month after the last session. Nine participants attended most classes (82,5100%) and increased their physical activity in daily routine. Involving family members was an effective means to promote adherence, particularly when attending classes together. Positive behavioral measures not always meaned best fitness evaluation, although, in general, biological evaluations were getting better along the study. Blood glucose levels tended to diminish along the study for four participants and mean group glycosylated hemoglobin decreased significantly during program, pointing to an improvement of diabetes control. Results showed that the adherence enhancement activity program, based on Behavior Analysis, contributed to promote behaviors with beneficial consequences to health
Palavras-chave: Adesão
Atividade física
Diabetes
Envolvimento familiar
Adherence
Diabetes
Family support
Physical activity
Diabeticos -- Atividades fisicas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento
Citação: Fechio, Juliane Jellmayer. Adesão a um programa de atividade física em portadores de diabetes. 2002. 118 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16674
Data de defesa: 30-Nov-2002
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliane Jellmayer Fechio.pdf7,3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.