Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16540
Tipo do documento: Tese
Título: Relações entre consciência fonológica e a aquisição da linguagem escrita: um estudo com crianças pré-escolares
Autor: Ferreira, Valéria Silva 
Primeiro orientador: Maluf, Maria Regina
Resumo: Esta tese teve como objetivo central investigar a relação entre consciência fonológica e aquisição da linguagem escrita de crianças com a idade entre seis e sete anos. Esta pesquisa se caracterizou como uma pesquisa quase experimental, cujo delineamento foi constituído de dois grupos experimentais e um grupo controle. Um dos grupos (G.E.I) participou de um programa de intervenção, com o objetivo de desenvolver a escrita, num total de doze crianças. Outras doze crianças participaram de um programa que desenvolveu a consciência fonológica (G.E.II), as restantes não participaram de nenhuma das atividades citadas e constituíram o grupo controle. Todos os grupos foram avaliados em um pré-teste e pós-teste, em dois momentos diferentes. As crianças foram avaliadas em consciência fonológica, nível de escrita e conhecimento do nome das letras. Foi verificado que, embora todas as crianças tivessem obtido progressos no desempenho em consciência fonológica, independente do tipo de intervenção, o melhor desempenho foi do grupo (G.E.II) que recebeu a intervenção neste aspecto. Em relação aos efeitos da intervenção envolvendo a escrita (G.E.I), foi verificada uma evolução tanto na produção escrita quanto no nível de consciência fonológica, cujos resultados não foram confirmados no pós-teste. As crianças pré-silábicas apresentaram um baixo nível de consciência fonológica e um limitado conhecimento do nome das letras. Já os silábicos supõem um certo nível de consciência fonológica, não apresentando relação com o conhecimento do nome das letras. As crianças que apresentaram escritas do tipo silábico apresentaram um considerável conhecimento do nome das letras e um bom desenvolvimento em consciência fonológica. De acordo com os resultados, foi possível concluir que, no processo de desenvolvimento conceitual da linguagem escrita, o conhecimento de letras e a consciência fonológica se alternam enquanto fatores preponderantes na condução desse processo, não caracterizando um ser pré-requisito do outro nem, tão pouco, pré-requisito do próprio desenvolvimento conceitual. Sugere-se que, a partir do nível silábico começa a haver uma forte interdependência, no que se refere a esses dois fatores investigados
Abstract: The central objective of this thesis is to investigate the relationship between phonological awareness and the acquisition of written language in children aged between six and seven years. This research, which is described as experimental, consists of two experimental and one control group. One of the groups (G.E.I), consisting of twelve children, participated in a program aimed at developing their writing skills. Another twelve children, (G.E.II), participated in a program which developed their phonological awareness, while the remainder did not participate in any of the activities mentioned, and represented the control group. All the groups were evaluated on two separate occasions by means of a pre- and a pos-test. The children were assessed for phonological awareness, level of written language and knowledge of the names of letters. It was observed that although all the children showed improved performance in terms of their phonological awareness, irrespective of the type of intervention, the best performance was shown by the G.E.II group, which had received intervention in this area. In relation to the effects of the intervention involving the writing skills (in G.E.I), progress was observed in both the level of writing skills and the level of phonological awareness, the results of which were not confirmed in post-test. The pre-syllabic children presented a low level of phonological awareness and a limited knowledge of the names of letters, while the syllabic presupposed a certain level of phonological awareness, which was not related to the knowledge of the names of letters. The children who showed syllabic by rewriting showed considerable knowledge of the names of letters and good progress in phonological awareness. From the results, it could be concluded that the relationship investigated occurs concomitantly, according to the conceptual development of the written language, with one being predominant over the other at some initial levels of writing, which does not mean one is a pre-requisite for the other. It is suggested that from syllabic level on wards, a strong link begins to form between these two factors
Palavras-chave: Alfabetizacao
Crianca -- Escrita
Crianca -- Desenvolvimento
Criancas pre-escolares
Consciencia fonologica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Ferreira, Valéria Silva. Relações entre consciência fonológica e a aquisição da linguagem escrita: um estudo com crianças pré-escolares. 2002. 158 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16540
Data de defesa: 30-Nov-2002
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Valeria Silva Ferreira.pdf8,36 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.