???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16313
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação inclusiva e atividade docente: um caminho difícil
Autor: Facco, Marília Alves 
Primeiro orientador: Davis, Cláudia Leme Ferreira
Resumo: Este estudo analisa a atividade docente na educação inclusiva, focalizando uma de suas modalidades: a aula. A coleta de dados foi realizada em uma escola pública estadual situada na região Norte da cidade de São Paulo, em uma sala de aula de 3ª série do ensino fundamental. Foram feitas duas entrevistas semi-estruturadas, uma com a coordenadora e outra com a professora, as duas versando sobre aspectos pertinentes à educação inclusiva. Recorreu-se também à filmagem das aulas, recortando-se delas três episódios considerados elucidativos da atuação docente no que concerne à inclusão escolar. A análise incidiu sobre as falas das participantes do estudo e sobre os episódios selecionados, orientando-se sempre pelos pressupostos da psicologia sócio-histórica e por aqueles adotados na clínica da atividade da ergonomia francesa. Os resultados mostraram que um aspecto central da educação inclusiva não se fazia presente: a heterogeneidade entre os alunos. Adicionalmente, verificou que havia falta de planejamento das atividades de ensino e, conseqüentemente, de objetivos claros a serem alcançados pelos alunos. A discussão evidencia a necessidade de formação continuada de professores para atuar na educação inclusiva, bem como de políticas públicas capazes de orientar efetivamente as atividades docentes envolvidas nessa modalidade de ensino
Abstract: The research aimed to analyze the teaching activities involved in inclusive education focusing one of its fields, the class itself. The data was collected in a third grade classroom from a public school located in the north zone from the city of Sao Paulo through semi structured interviews with the teacher and the pedagogical coordinator which stated pertinent facts about inclusive education and also lessons video recordings were used. Such material was analyzed by the statements from the researching participants and about some selected episodes, taking into consideration the socialhistorical perspective in Psychology as well as those adopted by the French Ergonomic School. The results which were shown revealed that the main aspect for defining inclusive education was missing: The heterogeneous fact among the students in the classroom. In addition to it, teaching activities and reasonable clear objectives to be achieved by the pupils were not planned. The discussion evidenced that the main need in inclusive education is to provide adequate continuous on the job training for teachers and also to elaborate public politics to guide daily routines of inclusive educational projects
Palavras-chave: Atividade Docente
Educação Inclusiva
Psicologia Sócio-histórica
Teaching activity
Inclusive Education
Socio-historical Psychology
Educacao especial
Educacao inclusiva
Pratica de ensino
Professores -- Formacao profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Facco, Marília Alves. Educação inclusiva e atividade docente: um caminho difícil. 2007. 99 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16313
Data de defesa: 25-May-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
marilia.pdf678,04 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.