???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16296
Tipo do documento: Tese
Título: As representações sociais sobre ensino superior de professores de graduaçãoda área da saúde
Autor: Novikoff, Cristina
Primeiro orientador: Sousa, Clarilza Prado de
Resumo: A presente tese versa sobre as representações sociais sobre ensino superior de professores de graduação da área da saúde de categoria administrativa privada. Considerando que o ensino superior da rede privada, atualmente representando 88,9% das IES, entendemos que deveríamos centrar nossa investigação junto aos professores, procurando compreender as significações que estabelecem com este ensino. Pressupõe-se que as normas externas e internas vêm imprimindo valores configurados e configurantes nas e das representações sociais sobre o ensino superior de professores, favorecendo o rompimento com as funções desse ensino. As conseqüências dessas representações ainda são pouco apresentadas em estudos e se fazem necessárias e importantes. Questiona-se como os professores compreendem as funções do ensino superior? Como analisam o ensino superior? Que representações sociais vêm construindo sobre este nível de ensino? Além disso, considerando a importância de analisar as possibilidades de mudanças frente às situações que estes professores são confrontados, nosso estudo procura investigar também quais as formas de valoração e afrontamento (confrontar e enfrentar) que eles vêm construindo em seu cotidiano. O objetivo foi apreender as representações sociais de ensino superior de professores de cursos de graduação presencial na área da saúde, examinando o contexto histórico-social e descrevendo as redes de significações e de apoio social em que os professores ancoram seus conhecimentos, valores e formas de afrontamentos. A pesquisa utilizou como referencial teórico a Teoria das Representações Sociais de Moscovici (1978), os conceitos de valores de Hessen (1980) e os conceitos de afrontamento de Leibovich e Cols (2002). O desenho de investigação foi pautado em Vasconcelos (2002), focando a interação da abordagem quantitativa e qualitativa da pesquisa. A metodologia aplicada foi diversificada, iniciando-se por meio de um pré-teste (CZAJA; JOHNNY, 1996), passando para a aplicação de questionário semi-estruturado e de um inventário de valoração e afrontamento (LEIBOVICH; COLS, 2002) a 79 professores. Os processamentos de análise dos dados foram realizados no programa excel e depois com análise de conteúdo (BARDIN, 1977; FRANCO, 2003). Tais procedimentos permitiram a criação de cinco categorizações de valores contidos nas representações sociais investigadas, a saber: valores sociorelacionais, valores normativos, valores identitários, valores gnosiológico-pedagógicos e valores socioprofissionais. Foram levantadas duas formas de valoração do ensino superior: desafio e ameaça. As estratégias de afrontamento centraram na emoção e de forma passiva e evitativa. A análise das representações sociais dos professores apontou um rompimento da função do ensino superior na IES, tal como ela vinha sendo historicamente preconizada
Abstract: The present thesis deals with the graduation of the area of the health university professors social representations about higher education of private administrative category. Considering that the higher education of the private net, currently representing 88.9% of the IES, we understand that we would have to center our inquiry next to the university professors, looking for to understand the meanings that establish with this education. The disruption with the functions of this education is estimate that the external and internal norms printing values configured and configurantes in and of the social representations on higher education in the university professors, favoring. The consequences of these representations still little are present in studies and if they make necessary and important. It is questioned, as the university professors understand the functions of higher education? How they analyze higher education? That social representation comes constructing on this level of education? Moreover, considering the importance to analyze the possibilities of changes front the situations that these university professors are collated, our study look for to also investigate which the forms of valuation and confrontation (to collate and to face) that they come constructing in its daily one. The objective was to apprehend the social representations of higher education in the university professors of courses of actual graduation in the area of the health, being examined the description-social context and describing the nets of meanings and social support where the university professors anchor its knowledge, values and forms of confrontations. The research used as regarding theoretician the Theory of the Social Representations of Moscovici (1978), the concepts of values of Hessen (1980) and the concepts of confrontation of Leibovich and Cols (2002). The inquiry drawing was reference in Vasconcelos (2002), focus the interaction of the quantitative and qualitative boarding of the research. The applied methodology was diversifying, initiating itself by means of a daily pay-test (CZAJA & JOHNNY, 1996), and passing to the application of half-structuralized questionnaire and an inventory of valuation and confrontation (LEIBOVICH & COLS, 2002) the 79 university professors. The processing of analysis of the data had been carried through in the program excel and later with content analysis (BARDIN, 1977; FRANCO, 2003). Such procedures had allowed the creation of five categories of values contained in the investigated social representations, namely: social-relational values, normative values, identity values, cognizance-pedagogic values and social-professionals values. Two forms the valuation of higher education as being: challenge and threat. The confrontation strategies had centered in the emotion and of passive and preventive form. The analysis of the social representations of the university professors pointed a disruption of the function of superior education in the higher education institutions, as it came historic being praised
Palavras-chave: Representações Sociais
Ensino Superior
Valores
Social Representations
Higher Education
Values
Ensino superior
Professores universitarios
Representacao social
Valores
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Novikoff, Cristina. As representações sociais sobre ensino superior de professores de graduaçãoda área da saúde. 2006. 205 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16296
Data de defesa: 26-Sep-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PED - Cristina Novikoff.pdf893,62 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.