???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16160
Tipo do documento: Dissertação
Título: Juventude: estudos em representações sociais
Autor: Leite, Angela Helena Rodrigues 
Primeiro orientador: Sousa, Clarilza Prado de
Resumo: Os estudos sobre o jovem têm centrado atenção sobre temas como violência, sexualidade, drogas e criminalidade, considerando que são de interesse da juventude ou pelo menos fazem parte de suas grandes preocupações. Serão? Com certeza estes focos são assuntos de preocupação e interesse de pesquisadores das ciências humanas. Entretanto, é preciso compreender este jovem a partir dos temas presentes em seus próprios discursos, sem partir de objetos previamente estabelecidos que poderiam condicionar uma visão antecipada do que importa ou do que deveria importar para ele. Esta postura possibilita estar mais próximo deste sujeito conhecendo a dinâmica que define sua vida em um contexto social mais amplo. Desta maneira, o objetivo desta pesquisa configura-se em analisar as representações sociais que os jovens estão construindo sobre a juventude, a partir de temas que lhes interessem e de seus posicionamentos sobre estes temas. A Teoria das Representações Sociais fundamenta a pesquisa e permite o acesso a aspectos dessa subjetividade que estes jovens estão construindo em determinado contexto social. Como escolha metodológica, realizamos a investigação por meio de um Grupo Focal, aplicado em uma escola pública de Osasco, em São Paulo, a treze sujeitos dos 2º e 3º ano do Ensino Médio. Este procedimento possibilita o conhecimento das experiências ancoradas em seus cotidianos, a compreensão dos processos de construção das realidades, as ideias compartilhadas e perspectivas diferentes sobre uma mesma questão, além dos modos como elaboram coletivamente suas representações. A entrevista foi transcrita e submetida ao software ALCESTE, que classificou os discursos dos sujeitos em três classes, divididas em A Escola , Eu e os Outros e A Política . A partir da análise qualitativa das categorias, os resultados demonstram essencialmente que o jovem não se compreende como autônomo ou protagonista das situações: na escola, os discursos fundamentam-se no ato de reclamar da má qualidade de ensino, delegando ao professor, principalmente, mas também a outros atores da instituição, o papel principal de conduzir o processo; nas relações sociais, o jovem parece compreender-se como subordinado a padrões impostos, sem autonomia para questionar tampouco para definir critérios para suas escolhas subordinadas, por sua vez, especialmente às instituições Igreja e Família; e, por fim, no que diz respeito à política, a análise sugere grande distanciamento do jovem com a temática, já que seus dizeres se pautam em discursos midiáticos e não se encontram, assim, esforços em elaborações críticas e fundamentadas teoricamente
Abstract: Studies about the young have focused on themes such as violence, sexuality, drugs and criminality, assuming that these are the interests of youth or at least are part of their major concerns. Will be? Certainly these subjects are issues of concern and interest of human sciences researchers. However, we must to understand this young from themes present in your own speeches, not from previously established objects which could conditioned a view of what it important or should be important them. This approach enables to be closer of this subject, knowing the dynamic which define their life in a broader social context. Thus, the aim of this research is to analyses the social representation which the young are building about the youth, from topics that are interesting to them and their positions on these topics. The Social Representation Theory based this research and enable to access aspects of the subjectivity that are been building from these young in a specific social context. As methodological approach, we did an investigation through a Focal Group. In a public school in Osasco, São Paulo, it was created a Group with thirteen subjects from the 2º and 3º year of High School. This procedure allowed the knowledge of the experiences anchored in their daily lives, the understanding of the processes of construction of realities, the sharing ideas and different perspectives on the same issue, as well as the ways they collectively prepare their representations. The interview was transcript and submitted to ALCESTE software, which classified the subject s speeches in three classes divided into: The School , Self and the Others and The Politics . Starting from the qualitative analyses of the categories, the results essentially demonstrated that the young cannot understand himself as an autonomous or protagonist of the situations: as regards to the school, their discourses are based on complains about the poor quality of education, delegating mainly to the teacher as well as to the other actors of the institution, the main role of the process conduction; as regards the social relations, the young seems to understand themselves as subordinate to standards imposed, without autonomy to quarrel or establish criteria for their own choices choices which are, in turn, specially conditioned to institutions such as Church and Family; Ultimately, as regards to politic, the analyses suggest a great detachment from the young with the theme. They set forth to be guided by media discourses and showed no efforts to criticize or even sustain these speeches with theoretical justifications
Palavras-chave: Juventude
Ensino médio
Representações sociais
Youth
High school
Social representation theory
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Leite, Angela Helena Rodrigues. Juventude: estudos em representações sociais. 2014. 145 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16160
Data de defesa: 12-Sep-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Angela Helena Rodrigues Leite.pdf1,29 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.