???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16076
Tipo do documento: Dissertação
Título: A crise não reconhecida: identidade docente de professores do Ensino Fundamental II
Autor: Alfonsi, Selma Oliveira 
Primeiro orientador: Placco, Vera Maria Nigro de Souza
Resumo: O objetivo desta pesquisa foi o de investigar como as exigências que os professores percebem que lhes são feitas, pelas famílias e pela escola, afetam a sua identidade profissional. A pesquisa foi realizada com 26 professores que atuam em uma escola particular de Ensino Fundamental II, na cidade de São Paulo. Para a realização deste estudo, foi utilizado um questionário com perguntas fechadas e abertas, que visava identificar, por meio das respostas dos sujeitos, o seu processo de negociação identitária e se a sua identidade profissional estaria sendo afetada pelas atribuições que eles percebem que lhes são feitas, atualmente, pelos pais e pela escola. A pesquisa foi realizada segundo as concepções sociológicas de Dubar (2005 e 2009) sobre identidade profissional. Para a análise dos dados, também foram utilizadas contribuições de autores que discutem a temática da identidade e da profissionalidade docente, tais como Placco e Souza (2010), Roldão (1998 e 2007), Marcelo (2009), Shulman (1986), Sacristán (1991), Nóvoa (2000) e Libâneo (2007). Foi possível identificar, no conjunto de dados analisados, que os sujeitos encontram-se confusos quanto à sua função como professor, em decorrência das múltiplas atribuições que eles acreditam que lhes são postas. Além disso, é possível identificar que estão vivenciando um momento de crise de identidade, apesar de não se narrarem literalmente em crise. A crise é vista, neste estudo, como uma ruptura com aquilo que os sujeitos acreditavam ser o seu papel, papel este que hoje não aparenta ser o suficiente para atender às demandas das famílias e da escola
Abstract: This research aimed to investigate how the demands, which teachers notice that are made by the families and the school, affect their professional identity. 26 teachers, from a secondary private school in the city São Paulo, took part in this research. By using a questionnaire with open and closed questions, this research had the objective of identifying how the process of identity negotiation was carried out by these teachers and finding out if their identities are being affected by the attributions they notice are made, nowadays, by the school and families. The analyses were made according to the social conceptions of Dubar (2005 e 2009) concerning to the professional identity. For data analyses, it was also used the contributions of other authors who discuss identity and teachers professionalization, such as Placco e Souza (2010), Roldão (1998 e 2007), Marcelo (2009), Shulman (1986), Sacristán (1991), Nóvoa (2000) e Libâneo (2007). According to the data analyses it was possible to identify that the teachers are confused in relation to the roles they need to perform due to the multiple attributions they believe are demanded by the families and the school. Moreover, it was possible to notice that they are passing through a moment o crises, although they do not literally say they are in crises. In this study, crisis is considered as a rupture of what the individuals used to believe to be their roles, however, nowadays it seems that those roles are no longer fulfilling families and schools expectations
Palavras-chave: Identidade docente
Identidade profissional
Crise de identidade
Escola particular
Teachers identity
Professional identity
Identity crisis
Private school
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Alfonsi, Selma Oliveira. A crise não reconhecida: identidade docente de professores do Ensino Fundamental II. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16076
Data de defesa: 10-May-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Selma Oliveira Alfonsi.pdf702,07 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.